09/05/2019 as 07:44

ARTIGOS

Buscando apoios para aprovação da reforma

Bolsonaro avalia que todos têm que ceder num dado momento para ganhar lá na frente.


Ontem, em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro voltou a pedir apoio aos governadores para aprovação da reforma da Previdência. Foi durante um café da manhã na residência oficial da Presidência do Senado. Vinte e cinco chefes de Executivo e senadores se fizeram presentes ao café da manhã.


O presidente disse aos governadores e parlamentares que o governo está aberto ao diálogo e que as ideologias devem ser deixadas de lado neste momento. Segundo ele, o governo está aberto ao diálogo.


Há problemas que são comuns entre a União e os Estados e outros não. Por isso, Bolsonaro avalia que todos têm que ceder num dado momento para ganhar lá na frente. Se todo mundo agir com esse espírito o Brasil sai da situação em que se encontra, declarou ele, no seu processo de convencimento.


Alguns governadores mostraram-se ansiosos em relação a propostas de liberação de recursos para os Estados e defenderam a agilização do pano de recuperação financeira que o Governo Federal pretende anunciar. Estranharam o “esquecimento” desse tema.


Os comentários nos meios políticos são de que o chamado Plano Mansueto, de recuperação fiscal dos Estados, em elaboração pela equipe econômica de Bolsonaro, somente será anunciado quando da aprovação da reforma da Previdência.