13/06/2018 as 15:04

Cidades

Escultor lança campanha para levar estátua à Colina

A escultura está pronta, restando apenas a parte do acabamento final.


Escultor lança campanha para levar estátua à ColinaFoto: André Moreira

Há cinco anos o projeto para a construção de uma estátua em homenagem ao Santo Antônio foi iniciado. Em 2016 a construção foi feita resultando em uma imagem de 12 metros de altura e pesando mais de 50 toneladas de concreto do santo casamenteiro. Mas, até hoje, a escultura não foi levada até o local de destinação: à Igreja da Colina do Santo Antônio, em Aracaju. Uma campanha foi lançada esse ano pelo escultor Gilvan Donato, para arrecadar fundos para o transporte da imagem de concreto.

 

Segundo Donato, até o momento foram arrecadados R$16.500 com as doações, mas, um estudo feito pela Secretaria de Estado da Infraestrutura e
do Desenvolvimento Urbano (Seinfra), diz que o orçamento total necessário para o transporte da estátua seria no valor de R$ 800 mil.

 

“Na última reunião que tivemos com o atual governador, ele deixou claro que não poderia colocar neste momento a estátua na colina, por falta de recursos financeiros. Então eu lancei a campanha #ajudeosantochegaracolina e os amigos começaram a doar. Estamos divulgando nas redes sociais e grupos de whatsapp”, conta Donato.

 

Já existe, inclusive, projeto arquitetônico elaborado de como a imagem ficará quando estiver na Colina do Santo Antônio. “Quem tem a ganhar é a cidade de Aracaju. Será mais um ponto turístico e vai transformar aquilo em turismo religioso. Será uma coisa espetacular”, disse, empolgado, o escultor.

 

A escultura está pronta, restando apenas a parte do acabamento final, o que deve ser feito apenas no local da sua instalação. “Falta a parte
da pintura e o tratamento do concreto, mas, que só pode ser dado no local”, afirma Donato.

 

Atualmente a imagem encontra-se guardada num terreno particular no bairro Coroa do Meio. De longe já é possível visualizar o imenso e belo monumento, que aguarda há cerca de um ano e meio para ser instalado na Colina do Santo Antônio.

 

Donato conta que iniciou a obra de estátua no ano de 2014. De lá para cá, foram três anos de muito trabalho. Foi preciso utilizar uma estrutura de ferro para poder fazer toda a base da imagem, que ainda está no concreto. O material utilizado para a realização dessa imensa obra de arte foi patrocinado, uma parte, pelo próprio artista, e outra foi por meio de empréstimos. Nessa primeira parte da construção foram gastos cerca de R$ 130 mil.

 

Por Laís de Melo/Equipe JC