10/10/2018 as 07:51

Estimação

ONG precisa de doações para cuidar de animais

Adasfa abriga, alimenta e trata cerca de 800 animais, entre cães e gatos


ONG precisa de doações para cuidar de animaisFoto: André Moreira

Por Laís de Melo

São cerca de 800 animais, entre gatos e cachorros, que vivem no abrigo da Associação dos Defensores dos Animais São Francisco de Assis (Adasfa) atualmente. A manutenção deles exige cerca de 40kg de ração para cães e 20kg para gato, além de 20kg de arroz para cachorro e 25kg de carne diariamente, o que custa muito caro para uma ONG que sobrevive apenas de doações.

A Adasfa é uma instituição com propósito de prestar serviços de abrigo, alimentação e tratamento veterinário a animais abandonados ou doentes, principalmente cães e gatos rejeitados e soltos pelas ruas da cidade de Aracaju. Além de alimentação, a ONG necessita de doações constantes de fraldas, materiais hospitalares, material de limpeza etc., para garantir a manutenção dos trabalhos no abrigo.

A luta é diária e as dificuldades também, segundo explica a vice-presidente da Adasfa, Alda Rodrigues. “A doações precisam ser constantes porque temos gastos fixos com funcionários, água, luz, gás, fora reformas que temos vários locais precisando”, ressalta. Para toda a despesa, a Adasfa depende 100% da doação anônima, seja ela em dinheiro ou em material. No mês de maio, com o período de chuva forte em Aracaju, a situação da instituição ficou ainda mais delicada, quando parte do local que abrigava os gatos ficou alagado.

A Adasfa também resgata animais que foram feridos nas ruas, e muitas vezes, a situação é grave. Inclusive, há uma ala de animais deficientes na associação. Por isso que doações de fraldas para cães e gatos são fundamentais, e a organização sempre precisa de tamanhos G ou XG.

O espaço onde vivem os cerca de 800 animais é cedido. A organização sempre realiza feiras de adoção dos abrigados, como uma forma de ter espaço para outros animais que são resgatados e levados para a Adasfa. Além de contribuir, é ideal para a organização que os amantes de bichos também adotem. Existem aqueles que não podem acolher definitivamente o animal, mas podem ceder o seu lar para abrigar provisoriamente o bichinho de estimação.

Para interessados em ajudar financeiramente, a Adasfa disponibiliza contas nos bancos Banese (Agência 014, Tipo 03, Conta Corrente 128.918-3) e Caixa Econômica (Agência 0654, Operação 013, Conta Poupança 135-8), em nome da Adasfa, com o CNPJ 07.173.074/001-79.