06/12/2018 as 16:16

ESTADO

Secretaria de Saúde e HU discutem soluções para Oncologia

O objetivo principal do encontro foi buscar soluções para melhorias na Saúde do estado, principalmente no que se refere à área da oncologia


Secretaria de Saúde e HU discutem soluções para OncologiaFoto: Divulgação

Gestores do Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS), filial da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), recepcionaram nesta quinta-feira, 6, membros da Secretaria de Estado da Saúde de Sergipe (SES). O objetivo principal do encontro foi buscar soluções para melhorias na Saúde do estado, principalmente no que se refere à área da oncologia.

De acordo com a superintendente do HU-UFS, Angela Silva, a reunião foi concentrada na discussão da possibilidade de habilitação para oncologia do Hospital Universitário de Sergipe.

“Sergipe vive hoje um problema gritante na área de oncologia. Diante disso, discutimos hoje com a SES possíveis soluções, que perpassam pelo processo de contratualização firmada entre o HU e o estado. Estamos também atendendo a uma sugestão do Ministério Público Federal, que é a de transferir a contratualização do munícipio para o estado, porque não tem como a oncologia do HU funcionar sem essa medida”, pontuou.

A contratualização é a formalização da relação entre gestores públicos de saúde e hospitais integrantes do Sistema Único de Saúde (SUS). Para tanto, são estabelecidos compromissos entre as partes, visando qualificar a assistência e a gestão hospitalar.

Serviço

A gestora explicou que a sugestão do MPF partiu da situação colocada pelo munícipio de Aracaju de que não teria condições econômicas para manter o serviço de oncologia, além de outros como a hemodinâmica, a ressonância magnética e a densitometria, por exemplo.

“Nós temos os equipamentos, temos um prédio pronto, pessoal capacitado, condições de funcionamento, a saúde passa por momento muito difícil, e o que o HU deseja é poder aproveitar o seu potencial para promover a melhoria da saúde da população de Sergipe”, declarou a superintendente.

SES

Para o secretário de Estado da Saúde, Valberto de Oliveira, o resultado da reunião entre SES e HU foi proveitoso. “A gente já vinha conversando sobre a possibilidade de trabalhar com o Hospital Universitário na habilitação para o atendimento ao paciente oncológico. O HU hoje atende a muitos casos, mas, em decorrência da não habilitação, esses dados não são registrados como deveriam. Pensando em buscar soluções, trouxemos para a reunião pessoas da SES que cuidam diretamente do processo de habilitação. O que vimos aqui claramente foi a boa intenção de ambos os lados para resolver essas questões”, comentou Valberto.

Além da equipe da Secretaria de Estado da Saúde de Sergipe (SES), participaram da reunião, representando o HU, a superintendente Angela Silva; o gerente administrativo Edélzio Costa Júnior; o gerente de Atenção à Saúde, Marcos Albuquerque; a chefe do Setor de Apoio Diagnóstico, Flávia Costa e o cirurgião oncológico do HU, Carlos Anselmo Lima, que é também coordenador do Registro de Câncer de Base Populacional de Aracaju.

Após a reunião, os gestores seguiram visitando as instalações do hospital, especialmente as áreas ligadas aos serviços de oncologia.

Sobre a Ebserh

Desde outubro de 2013, o HU-UFS é filiado à Rede Ebserh. Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Fonte: Ascom Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe