14/03/2019 as 11:08

Suspeito de estupro e agressão

George Magalhães participa de audiência

Além de George também compareceu a audiência Antero Alves, que trabalhava com o radialista.


George Magalhães participa de audiência

Nesta quinta-feira (14) a juíza Vanessa Neves Serafim Couto, da 1ª Vara Criminal, deu início à oitiva das testemunhas arroladas pela defesa do processo judicial movido contra o radialista George Magalhães, denunciado pelo crime de estupro. Além de George também compareceu a audiência Antero Alves, que trabalhava com o radialista.

Na lista de depoimentos estão testemunhas indicadas pelo Ministério Público, advogados de defesa e assistência de acusação.De acordo com informações do advogado Evânio Moura, a defesa arrolou cinco testemunhas, três na defesa de George Magalhães e outras duas atuarão na defesa do produtor Antero Alves, que foi indiciado no inquérito acusado de coação a testemunhas. O radialista chegou à sede do Fórum Gumersindo Bessa acompanhado dos advogados Evânio Moura, Matheus Dantas Meira e Getúlio Sobral, que atuam conjuntamente na defesa do radialista e do produtor.

No dia 8 de novembro, o Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ/SE) concedeu o alvará de soltura para o radialista. Na tarde do dia 7, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Reynaldo Soares da Fonseca havia concedido o habeas corpus.

Os advogados orientaram o radialista e o produtor a não apresentarem versões aos jornalistas que acompanham o andamento do processo.