06/04/2021 as 15:22

COVID-19

Vacinadores seguem procedimento rigoroso para aplicar imunizante

Em cada ponto em que ocorre a administração da vacina, na capital sergipana, os profissionais seguem procedimentos minuciosos

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

Em Aracaju, desde o início da vacinação contra covid-19, têm sido adotados padrões rigorosos, sobretudo de transparência, para garantir a boa condução do processo de imunização. Por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), os profissionais que atuam na campanha de imunização, principalmente os que estão na ponta, foram capacitados, antes mesmo do início da vacinação.

Em cada ponto em que ocorre a administração do imunizante contra covid-19, na capital sergipana, os profissionais seguem procedimentos minuciosos, estabelecidos pela SMS, para assegurar que a população seja devidamente vacinada.

Uma das profissionais que atuam na administração das doses, a técnica de enfermagem Graziele Vasconcelos, explicou que a recomendação passada é muito simples, porém de extrema importância.

“Muitas pessoas chegam ao posto de vacinação inseguras e com medo porque veem pelos jornais coisas erradas acontecendo. Então, assim que a pessoa chega, temos o cuidado de perguntar se está com algum sintoma, se tomou alguma vacina recentemente e, depois disso, pedimos o cartão de vacinação, documento com foto para conferir, acenamos para mostrar que a vacina está sendo aspirada da ampola; quando vamos aplicar, mostramos que a seringa está com o líquido e, depois que aplicamos, mostramos que a seringa está vazia para ela ter a segurança de que, de fato, recebeu a vacina”, relatou a técnica.

A aposentada Norizete Rocha conferiu todo o procedimento realizado quando foi ser vacinada e confirmou o cuidado dos profissionais.

“Eles mostraram tudo o que estava sendo feito e isso me deu uma maior segurança de que realmente fui vacinada. Também explicaram quando devo tomar a segunda dose. Agora, vacinada, me sinto um pouco mais segura, mesmo sabendo que tenho que continuar tomando os cuidados, como usar máscara, não aglomerar e manter a higienização das mãos”, afirma Norizete.

O aposentado Marcos Costa contou com mais um par de olhos para conferir os procedimentos adotados pela Prefeitura. “Como estou com a vista um pouco ruim, vim com minha esposa que olhou direitinho o que a técnica estava fazendo e, na verdade, nem precisou de tanta preocupação porque a técnica já veio mostrando o passo a passo até me vacinar. Acho isso muito importante e positivo por parte da Prefeitura”, considera Marcos.

Depois de vacinado, José Valter de Araújo se disse aliviado. “O pessoal teve todo o cuidado de mostrar o que estava sendo feito e foram bastante explicativos. A gente se sente mais tranquilo, seguro por saber que os profissionais estão tendo essa atenção de explicar sem que precisemos pedir. Acredito que seja mais um ponto de um trabalho bem feito”, avalia José.

Fonte e foto: PMA