07/04/2021 as 07:27

DECISÃO

IBGE: concurso para o censo 2021 é suspenso

A decisão de suspender as provas foi tomada, segundo o IBGE, devido ao corte de 96% dos recursos previstos no Orçamento Geral da União para a realização do Censo Demográfico

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

IBGE: concurso para o censo 2021 é suspenso

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) decidiu suspender as provas do processo seletivo para recenseadores e agentes censitários que vão trabalhar no Censo 2021. De acordo com o instituto, portanto, as provas não serão mais realizadas nas datas programadas no edital (18 e 25 de abril). A decisão de suspender as provas foi tomada, segundo o IBGE, devido ao corte de 96% dos recursos previstos no Orçamento Geral da União para a realização do Censo Demográfico, previsto para este ano.

O IBGE destacou, no entanto, que o processo seletivo não foi cancelado e informou que avaliará, junto com o Cebraspe, empresa organizadora do concurso, um novo planejamento para aplicação das provas, a “depender de um posicionamento do Ministério da Economia acerca do orçamento do Censo Demográfico”.

O concurso para trabalhadores do Censo 2021 oferece cerca de 17 mil vagas para agentes censitários e 182 mil vagas para recenseadores. Sergipe na disputa Em Sergipe, IBGE abriu mais de 2 mil vagas temporárias para o Censo 2021. No estado, são 1.909 vagas para recenseador e 248 entre agente censitário supervisor (ACS) e agente censitário municipal (ACM).

As Inscrições para ACM e ACS foram realizadas de 19 de fevereiro a 15 de março, e para recenseador, de 23 de fevereiro a 19 de março, no site do Cebraspe. Para concorrer a recenseador, o candidato deve ter nível fundamental completo, e para ACM e ACS, ensino médio concluído. A remuneração prevista é de R$ 2.100 para ACM e R$ 1.700 para ACS. Recenseador receberá por produtividade. A taxa de inscrição cobrada para as funções de ACM e ACS foi de R$ 39,49 e para a de recenseador, de R$ 25,77.