08/06/2018 as 10:54

Cultura

Obras sergipanas estarão presentes em fórum que discute direitos de crianças e adolescentes

A doação foi realizada pelo Governo do Estado de Sergipe, através da Segrase.


Cinquenta obras literárias escritas por sergipanos serão distribuídas com profissionais socioeducadores que participarão nos próximos dias 13, 14 e 15 do Fórum Nacional de Dirigentes Governamentais de Entidades Executoras da Política de Promoção e Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Fonacriad), em Aracaju. A doação foi realizada pelo Governo do Estado de Sergipe, através da Empresa de Serviços Gráficos de Sergipe (Segrase). A proposta é, além de se debater os assuntos que envolvem as ações socioeducativas no Brasil e no mundo, promover ainda a divulgação dos trabalhos que apresentam ações, lutas sociais e culturas genuinamente sergipanas.

Entre os trabalhos doados estão: ‘Educação na Terceira Idade – Inclusão Social e Pedagógica na Universidade’, da autora Noêmia Lima Silva; ‘Couro Curtido – Memórias de Um Militante Comunista’, de Lourival Carvalho; ‘Redação Oficial’, de Maria Augusta Teles da Paixão; ‘Casa de Meninas – Práticas Educativas no Orfanato de São Cristóvão e na Escola Imaculada Conceição’, de Josineide Siqueira de Santana; e ‘Simão Dias’, de Alina Paim.

De acordo com o presidente da Fundação Renascer do Estado De Sergipe, Wellington Dantas Mangueira Marques, o evento se desenvolve representativamente a partir do momento em que órgãos públicos, a exemplo da Segrase, se unem à proposta macro da socioeducação. “Nós, como corpo docente da Fundação Renascer, que vamos recepcionar os educadores de todo o Brasil na área da socioeducação, agradecemos ao governo do Estado de Sergipe por ter uma estrutura de governo e instituições fortes, como é a Segrase, por nos proporcionar e levar para o Brasil a imagem de Sergipe. Livros de importantes nomes de sergipanos que conseguiram se destacar no mundo das artes, como da ciência e da cultura”, agradeceu.

Mangueira acrescenta que os membros que participarem do Fonacriad vão perceber que o estado tem muito a oferecer. "Sergipe se consagra como um estado, apesar de ser pequeno, o qual produziu uma das melhores figuras da cultura brasileira; alguns com repercussão internacional, como é o caso do imbatível Tobias Barreto, Silvio Romero, Manoel Bonfim, Jackson Lima, e tantos outros da cultura sergipana. Obras exemplares e leitura de qualidade estarão à disposição de todos graças a esta parceria com a Segrase”.

Sobre o fórum, o presidente da Fundação Renascer enaltece a excelente oportunidade de apresentar ao Brasil os avanços conquistados de forma multipolarizada em Sergipe, bem como discutir as ainda existentes dificuldades que envolvem o sistema. O gestor também destaca a parceira formada pelo governo do Estado juntamente com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ministério Público Estadual (MPE/SE), Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), Defensoria Pública, e do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TJ/SE), por exemplo.

ASN