21/06/2018 as 15:38

Cultura

Arquivo Público de Aracaju inaugura exposição sobre os 25 anos de Forró Caju

A mostra trata da história e importância do evento para a cultura, economia e turismo em Sergipe.


Arquivo Público de Aracaju inaugura exposição sobre os 25 anos de Forró CajuFoto: Edinah Mary

O Arquivo Público Cidade de Aracaju, unidade administrada pela Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), lançou nesta quarta-feira (20), a exposição "Forró Caju: 25 anos". A mostra trata da história e importância do evento para a cultura, economia e turismo em Sergipe. A exposição fica em cartaz durante todo o mês junino, no próprio Arquivo Público, localizado na rua Estância, 36, no bairro Centro. Em frente à sede da Funcaju.

De acordo com a coordenadora do Arquivo, Rita Oliveira, a exposição foi idealizada em 2010. "O Arquivo recebe há oito anos, entre os meses de maio e junho, a exposição Forró Caju, que retrata por meio de fotografias, banners, jornais e cartazes, toda a história do maior evento do período junino do estado. Nada melhor que organizar uma mostra que permite à população relembrar os melhores momentos vividos na maior festa junina de Sergipe, bem como apresentá-la para aqueles que ainda não conhecem a festa, proporcionando uma viagem no tempo", ressalta.

Entre os registros históricos e documentais da exposição está o significado da bandeira de Aracaju. "Durante o período de pesquisa que fizemos através dos nossos arquivos históricos, encontramos curiosidades e nos questionamos sobre alguns períodos de nossa história, que talvez tenham ficado perdidos, pois não há registros. Podemos citar como exemplos os símbolos das bandeiras de Aracaju e Sergipe que, ao longo dos anos, foram modificados e não há documento que comprove essa mudança. Aliás, não havia até agora, pois foi encontrado", completa Rita.

Dentre diversas curiosidades que o visitante terá acesso, talvez a que chame mais atenção seja a Lei 2.030, de 9 de setembro de 1993, que denomina "Forró Caju" os festejos juninos promovidos pela Prefeitura de Aracaju. "O prefeito em gestão na época, Jackson Barreto, junto com a Câmera dos Vereadores de Aracaju, sancionou a lei que formaliza o Forró Caju como o evento junino aracajuano. Deixando esse evento único e que nos trouxe durante esses anos bons resultados para todos os setores, sejam eles da economia, turismo ou cultura", diz Rita Oliveira.

A coordenadora do Arquivo acrescenta que é fundamental que as escolas levem seus alunos para conhecerem a história da festa que marca a temporada junina na capital. "O Arquivo está sempre de portas abertas para as escolas, grupos de estudantes e turistas. Quem visitar a exposição encontrará toda a história e poderá conferir fotos e as campanhas de divulgação de cada ano. Valorizar e propagar esse evento para as novas gerações é gratificante e é uma opção de entretenimento de qualidade que esta gestão oferece ao público", conclui.

FUNCIONAMENTO

O Arquivo Público, unidade mantida pela Funcaju, funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. As escolas interessadas em levar seus alunos, podem entrar em contato com o Arquivo pelo telefone: 3179-1381.
Compartilhar