29/06/2018 as 07:27

Cultura

Grandes atrações subiram ao palco do Forró Caju no segundo fim de semana

Nesta quinta-feira, 28, o Forró Caju levou ao palco atrações consagradas nacionalmente pelo público, como Flávio José e Calcinha Preta e Luan Estilizado, além dos sergipanos Erivaldo de Carira e Zé Tramela.


Grandes atrações subiram ao palco do Forró Caju no segundo fim de semanaFoto: Ana Lícia Menezes

O maior evento do estado reuniu grandes nomes do forró no segundo final de semana de festa, mesclando o tradicional com o atual, agradando o público que lotou a praça de eventos Hilton Lopes, entre os mercados centrais de Aracaju. Nesta quinta-feira, 28, o Forró Caju levou ao palco atrações consagradas nacionalmente pelo público, como Flávio José e Calcinha Preta e Luan Estilizado, além dos sergipanos Erivaldo de Carira e Zé Tramela.

A festa começou com o pai de Mestrinho, Erivaldo de Carira, que também já passou pelo palco desta edição do Forró Caju. Com mais de 30 anos de estrada, é uma das mais importantes referências da música nordestina e repassou sua carreira artística para os seus três filhos. O cantor e sanfoneiro reuniu um público mais velho e amante do forró pé-de-serra, que não parou de dançar durante todo o show. Em seguida, foi a vez da banda de forró universitário Zé Tramela subir ao palco. O grupo local já participou de outras edições da festa e retornou este ano resgatando as raízes do autêntico forró.

Tendo como principais influências Luiz Gonzaga e Dominguinhos, o cantor paraibano Flávio José abrilhantou a noite com canções de sucesso, como o "A casa da saudade", "Tareco e Mariola" e "A natureza das coisas". Segundo ele, o repertório não pode mudar muito devido à expectativa do público. “É uma sensação maravilhosa estar de volta, estou matando a saudade e o público também estava ansioso, mandando muitas mensagens para a gente. É um prazer trazer o autêntico forró para Aracaju. Culturalmente, a gente sabe que as coisas estão mudando e poucas músicas tradicionais estão sendo tocadas nos palcos. Como seguidor do Rei do Baião, me sinto na obrigação de estar sempre segurando a autêntica música nordestina”, explicou.

A quarta atração da noite, o cantor Luan Estilizado foi a grande sensação do público mais jovem. Filho do sanfoneiro paraibano Amazan, Luan trouxe a mais nova música do seu repertório ‘Desculpa’, que tem parte do clipe gravado em Aracaju e mais de um milhão de visualizações no YouTube em apenas uma semana, além de grandes hinos nordestinos com um toque diferenciado. “É emocionante participar pela quarta vez desse evento maravilhoso que é referência no Brasil inteiro. Fico muito feliz de dividir palco com grandes artistas e fazer forró para o povo aracajuano. Trago uma batida diferente, por isso que chamamos de estilizado, mas não deixa de ter a base na origem do forró, com o pé-de-serra e a sanfona”, explicou.

A banda Calcinha Preta também marcou presença, trazendo de volta um dos vocalistas iniciais da grupo, Daniel Diau, após quase dez anos. O público cantou sucessos que ecoaram na praça dos mercados e levaram fãs ao delírio. “Estou muito feliz de estar de volta a uma banda que me recebeu com muito amor. Esse show do Forró Caju é diferente porque contamos com uma maior energia e interação do público. Temos a honra de participar de uma festa tão grandiosa e na nossa terra, que conta com a presença dos nossos amigos e familiares, e queremos parabenizar a Prefeitura pelo sucesso que está sendo a festa”, enalteceu Daniel Diau.

AAN