10/09/2018 as 17:10

Cultura

Ocupe a Praça prepara edição dedicada ao empoderamento feminino

Intitulado ‘Chega de Fiu Fiu’, o evento acontece nesta quarta-feira, 12.


O mês de setembro é dedicado às conquistas das mulheres ao acesso de direitos iguais entre os homens. Com o intuito de fortalecer as lutas pelas condições dessas igualdades, o ‘Ocupe a Praça’ preparou uma edição dedicada ao feminismo. Intitulado ‘Chega de Fiu Fiu’, o evento acontece nesta quarta-feira, 12, no Centro Cultural de Aracaju. O projeto é uma iniciativa do Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira (NPD), unidade vinculada à Fundação Cultural Cidade de Aracaju.

A programação inicia às 18h com o ‘Liquidifica Diálogos', que trará um momento de provocação e reflexão relacionado à arte e ao feminismo, sob a orientação da artista multimídia, Andrea May; da advogada e coordenadora do Grupo de Trabalho da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da OAB/SE, Bruna Menezes; da professora mestre do Curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal de Sergipe, Maíra Ezequiel; da coordenadora do projeto da ‘Patrulha Maria da Penha’, Vaneide Oliveira, e da educadora social e ativista da Unegro Sergipe, Thaty Meneses.

Em seguida, às 19h, será exibido o filme ‘Chega de Fiu Fiu’, dirigido por Amanda Kamancheck Lemos e Fernanda Frazão, que expõe questões como a participação das mulheres no espaço público, em especial o assédio sexual. “O tema foi escolhido devido o lançamento, no início do ano, deste documentário, porque está sendo muito comentado nos espaços de cinemas. Como somos do audiovisual, temos essa missão de pensar e trazer os filmes brasileiros para a população de Aracaju. E isso compactua com o empoderamento feminino, que é algo que cabe ao Ocupe sintonizar com as questões contemporâneas que acontecem no Brasil e no mundo”, ressalta a coordenadora do NPD, Graziele Ferreira.

Para encerrar a noite, o público será convidado a conferir, pela primeira vez, na Praça General Valadão, a “Radiocolagem”, um laboratório de criação sonora e visual coordenado pela artista multimídia, Andrea May (BA), que traz em seu currículo diversas realizações no âmbito da Street Art, Art Toy, música eletrônica, incluindo vivências no Canadá e Alemanha. Este projeto tem conceito experimental em formato “rádio ao vivo” e busca promover o encontro de ideias em torno de um tema, que se processa ao longo da performance/instalação coletiva construída a partir da improvisação de conteúdos inéditos gerados por mais nove artistas mulheres de Sergipe, são elas: Damyler Cunha, Diane Veloso, Greice Schneider, Janaína Vasconcelos, Mayra Felix, Glória Costa, Lari Lima, Luna Safira e Paula Barreto.

Projeto

O ‘Ocupe a Praça’ é um projeto que já está no segundo ano de atuação e com mais de 30 edições realizadas. A iniciativa tem o intuito de oferecer, mensalmente, a população aracajuana, uma vida cultural coletiva por meio da ocupação do centro histórico da cidade, sendo palco de programações artístico-culturais, tendo o audiovisual como eixo-central.

Tais programações extrapolam fronteiras do entretenimento ao serem construídas de forma articulada, pautadas por discussões contemporâneas que perpassam pelo desenvolvimento e transformações no setor artístico, social, formação de público para a produção artístico-cultural sergipana, além de despertar o debate sobre direitos humanos.

Programação

18h| Liquidifica Diálogos - Arte e Feminismo
19h | Exibição do Documentário Chega de Fiu Fui
21h | Radiocolagem com Andrea May (BA) e convidadas