11/09/2018 as 16:06

Cultura

Quinteto de Metais da Sofiva trará repertório recheado de forró para o Quinta Instrumental

O show é gratuito e será realizado no Teatro João Costa, do Centro Cultural.


O projeto ‘Quinta Instrumental’, idealizado pela Prefeitura de Aracaju, por meio do planejamento estratégico da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), traz para a edição desta semana, o ‘Quinteto de Metais da Sofiva’. O grupo, que foi criado em 2016, tem uma característica forte em música nordestina e preparou um repertório recheado de muito forró. O show é gratuito e será realizado no Teatro João Costa, do Centro Cultural, nesta quinta-feira, dia 13, às 20 horas.

O quinteto é composto por Fabrício Santana e Jean Bezerra, no trompa; José de Oliveira Filho, Matheus Santos, no trombone; e Mário Tavares, no tuba. “É uma experiência única para o nosso grupo participar desse valioso projeto realizado pela Funcaju, pois valoriza a interpretação da música instrumental, aumentando significativamente o público para este tipo de música. Além disso, é uma grande honra para nós estarmos num palco onde passaram grandes artistas do cenário estadual, nacional e internacional”, enfatiza José de Oliveira Filho.

O músico garante uma apresentação de característica única, onde promete voltar ao mês de junho e suas tradições através do forró, baião, além de interpretações de outros gêneros com os arranjos da música clássica. “Iremos mostrar a versatilidade do grupo no tocante à execução de diversos estilos musicais. Muitos arranjos populares são do trombonista Thiago de Sá. Temos uma característica forte em fazer música nordestina. Tanto é que ele fez os arranjos e adaptações para quinteto das peças Chamego Só, Forrozando e Suíte Nordestina, que iremos interpretar nesta apresentação”.

José de Oliveira Filho ainda pontua que a música ‘Chamego Só’ é uma bela composição do cantor Rogério, que mostra o quanto Sergipe está voltado ao forró, através de seus costumes e tradições, não só no mês de junho. “Forrozando é um pout-porri de obras como as de Accioly Neto, Petrúcio Amorim, Sivuca. A música Suíte Nordestina, do compositor Duda, apresenta várias danças marcantes do nosso nordeste como o baião, serenata, maracatu, e frevo. Portanto, temos essa marca de interpretar nossa música regional e levaremos o melhor da musicalidade nordestina, além de interpretações de outros gêneros”, ressalta.