12/11/2018 as 11:41

ARTESANATO

Artesãos sergipanos participam de exposição em São Paulo

Riqueza do artesanato sergipano chamou a atenção neste fim de semana no Expo Center Norte.


Artesãos sergipanos participam de exposição em São PauloFoto: Divulgação

Bordado, ponto de cruz, cerâmica, pintura, crochê, renda irlandesa, redendê, patchwork, bonecas de cabaça, argila, biscuit temática. A riqueza do artesanato sergipano chamou a atenção neste fim de semana no Expo Center Norte, em São Paulo, e atraiu olhares de apreciadores da arte de todo o Brasil. Sergipe marcou presença no 11º Salão do Artesanato – Raízes Brasileiras, evento que teve como objetivo divulgar a importância cultural do artesanato brasileiro, incentivando a comercialização e a geração de emprego e renda. O Salão contou com o apoio do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

“Nosso estante contou com produtos de 20 artesãos de Aracaju, Laranjeiras, Gracco Cardoso, Barra dos Coqueiros, Lagarto, Divina Pastora, Rosário do Catete e Santana do São Francisco. Foi a segunda vez que participamos e ficamos felizes com a receptividade dos visitantes com a nossa arte”, afirmou Ana Rosa, diretora do Programa de Artesanato de Sergipe.

De acordo com a diretora, a participação no 11º Salão do Artesanato – Raízes Brasileiras foi especial para fortalecer a divulgação e a essência de tudo que é produzido no estado.

“A representação do artesanato de Sergipe é de suma importância no contexto atual, pois proporciona o conhecimento nacional. Foi uma oportunidade de fomentar o artesanato em quanto comércio e identidade cultural, onde os artesãos de Sergipe mostraram suas potencialidades, comercializaram e fortaleceram a referência do Estado de Sergipe”, complementou Ana Rosa, reforçando que o Salão do Artesanato contou com a presença do ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge de Lima.

Para a secretária de Estado do Trabalho, Inclusão e Assistência Social, Mitzy Matos, eventos como esse valorizam o artesão sergipano, fomentam a profissionalização e fortalecem os canais de produção.

“O setor de artesanato é uma importante fonte de geração de renda. Aqui em Sergipe, nosso interior é rico na produção. O Governo do Estado, através da Seidh, incentiva os artesãos na divulgação e expansão da cultura e no fortalecimento da tradição sergipana. A presença desses profissionais em feiras nacionais é uma oportunidade de geração de renda e inclusão social. O artesanato sergipano está de parabéns”, afirmou.











Quer receber as melhores notícias no seu Whatsapp?

Cadastre seu número agora mesmo!

Houve um erro ao enviar. Tente novamente mais tarde.
Seu número foi cadastrado com sucesso! Em breve você receberá nossas notícias.