24/04/2019 as 14:05

Cultura

Orsse apresenta concerto ‘Uma noite em Viena’ no Atheneu

Executada pela primeira vez no Estado, “Uma Noite em Viena” é conhecida pelos estudiosos como uma das mais luminosas peças, celebrada também como sua sinfonia “Pastoral”


Orsse apresenta concerto ‘Uma noite em Viena’ no AtheneuFoto: Divulgação/ASN

Sob a batuta do maestro Guilherme Mannis, na próxima quinta-feira, 25, a ‘Orquestra Sinfônica de Sergipe (Orsse)’ estará de volta ao palco do Teatro Atheneu para apresentar o concerto “Uma Noite em Viena” com grandes obras de compositores germânicos que tiveram ligação com a cidade. O concerto, sob a regência do maestro Guilherme Mannis, terá inicio às 20h30, e os ingressos, a preços populares, estão disponíveis nas bilheterias do Teatro.

Executada pela primeira vez no Estado, “Uma Noite em Viena” é conhecida pelos estudiosos como uma das mais luminosas peças, celebrada também como sua sinfonia “Pastoral”. Segundo o maestro da Orsse, trata-se de uma Catedral da Música. “A obra evidencia o pensamento formal de um criador em sua maturidade artística aliada a grande expressividade lírica. Trata-se de uma peça densa, mas com momentos de muita tranquilidade e delicadeza”, enfatizou Guilherme.

Completa o programa a Abertura em Sol menor, do compositor austríaco Anton Bruckner, que evidencia momentos de grande densidade harmônica e de sonoridades imponentes, e a Abertura da ópera “A ilha deserta”, do também austríaco Joseph Haydn. Compositor do classicismo, foi adepto do movimento Sturm und Drang (Tempestade e desejo), compondo peças, tal qual esta abertura, em que variações abruptas de emoções traduzem-se em gestos musicais.