09/05/2019 as 14:48

Educação

Literatura de Cordel pode compor grade curricular das escolas sergipanas

Sugestão é de Maria Mendonça, após sessão especial que tratou sobre o fomento do assunto nas escolas


Literatura de Cordel pode compor grade curricular das escolas sergipanas

A deputada estadual Maria Mendonça (PSDB) anunciou hoje (9) que vai propor, através de Indicação endereçado ao Executivo, a inclusão da literatura de cordel na grade curricular nas escolas públicas e privadas de Sergipe. A informação foi passada logo após a exposição da presidente da Academia Sergipana de Cordel, Izabel Nascimento, que atendendo a um convite da própria parlamentar falou sobre a importância dessa literatura, bem como dos desafios enfrentados para a difusão da cultura.

“O Cordel hoje é patrimônio cultural imaterial do Brasil. Essa consolidação da nossa cultura é extremamente relevante e nós vamos aproveitar para sugerir ao Governo que insira essa disciplina no currículo dos nossos alunos, fazendo com que Sergipe seja referência para outros Estado nos quesitos valorização e estímulo ao viés literário dos estudantes”, afirmou a deputada.

Maria é autora do Projeto de Lei 18/2019 que institui o programa de promoção da literatura de cordel nas escolas públicas e privadas no Estado. A matéria já foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e tem parecer favorável da Comissão de Educação (CE) pela qual será apreciada nos próximos dias.

 

Preservação da cultura 

“Tive o prazer de ser o relator dessa propositura tão importante para a valorização e preservação da nossa cultura. A deputada Maria Mendonça sempre nos traz pautas importantes que muito engrandecem o nosso Estado”, observou o deputado Adailton Martins, ao ressaltar que se sentiu lisonjeado ao relatar a proposta na CE. 

Para Izabel Nascimento, a escola tem um papel fundamental no que diz respeito à promoção da cultura. Ao falar aos deputados e presentes nas galerias da Assembleia, a cordelista parabenizou Maria Mendonça e ressaltou que a ideia falar sobre a importância de ter a literatura de cordel na prática pedagógica e na formação de pessoas no ambiente escolar.

“Quero parabenizar a deputada Maria Mendonça por sua sensibilidade de propor esse Projeto e nos convidar a falar sobre o cordel”, disse Izabel, observando que isso faz com que “os professores passem para os alunos a valorização da nossa poesia, dos nossos poetas e da literatura de cordel como patrimônio da literatura brasileira”.