05/06/2018 as 14:40

Economia

SPC: sergipanos estão devendo menos em 2018

Câmara dos Dirigentes Lojistas de Aracaju vê pesquisa com otimismo.


SPC: sergipanos estão devendo menos em 2018Foto: Jadilson Simões/Equipe JC

Nos cinco primeiros meses de 2018, o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) apurou que os sergipanos parecem estar mais cautelosos quando o assunto é dívida. Para se ter ideia da situação, comparando com o mesmo período do ano passado o índice de inadimplência foi 5,45% menor.

A informação poderia e é vista como positiva para setores ligados ao comércio, a exemplo do Câmara de Dirigentes Lojistas de Aracaju (CDL Aracaju).

“Os dados que tenho na minha base são do SPC CPF e que apontam para uma queda de 5,45% no acumulado dos cinco primeiros meses. A inadimplência em Sergipe caiu 5,45%. Uma informação bastante positiva”, aponta o presidente da CDL, Brenno Barreto.

Porém, apesar do positivismo na informação, Brenno não possui um estudo que explique a queda no número de devedores, mas arrisca um palpite: “Não visualizo nada específico, talvez queda nas vendas. As pessoas começaram a consumir menos e acaba devendo menos”, explica o presidente do CDL Aracaju.

A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) também divulgou dados, desta vez referentes às empresas. O número de pessoas jurídicas com contas em atraso e registradas no cadastro de devedores cresceu 8,40% no Brasil.

No Nordeste, esse crescimento representou 0,75%, ou seja, bem abaixo dos dados nacionais. “Nordeste está bem abaixo, não dá nem 1%”, diz Brenno. Ele também arrisca um palpite para os dados de empresas devedoras em Sergipe. “Sergipe pode estar muito próximo desses 0,75%”, finalizou o presidente do CDL Aracaju. Apesar da fala de Brenno, a CNDL não desmembrou os dados por Estado.

Por Diego Rios/ Equipe JC