27/12/2017 às 08h39 - Esportes

Sergipe fará dois amistosos antes da estreia no Sergipão

Adversário do Mais Querido será a equipe do Coruripe de Alagoas

Por: JornaldaCidade.Net

Vilma Nascimento/GloboEsporte.com
Régis Wenzel comemorando o hexa e a artilharia do Campeonato de Tocantins pelo Gurupi, em 2016

O técnico Elias Borges, finalmente, terá a grande oportunidade de avaliar em que estágio se encontra o time do Sergipe para o jogo de estreia, no Sergipão 2018, programado para a tarde do dia 14 de janeiro - um domingo -, diante do Frei Paulistano, no Estádio Tião, em Frei Paulo. Será em dois amistosos, contra a equipe do Coruripe, da cidade alagoana de igual nome, uma das principais forças do futebol do interior do Estado vizinho.

 

Por causa da interdição por que está passando o João Hora de Oliveira e os serviços de reparos em alguns setores do Batistão, o primeiro duelo entre as duas equipes está programado para as 15h30 do próximo sábado, no Estádio Municipal da Barra dos Coqueiros. No dia seis de janeiro, em igual dias, os rubros retribuirão a visita, indo se apresentar no Estádio Gerson Amaral, em Coruripe.

 

A diretoria rubra decidiu que para o torcedor ter acesso ao espetáculo terá de desembolsar, apenas, R$ 10, além de deixar nos portões de entrada do estádio   um quilo de alimento não perecível, cujo total arrecadado será distribuído entre entidades carentes de Aracaju.

 

No primeiro amistoso com o Hulk, do futebol alagoano, a principal novidade do Colorado Sergipano poderá ser o atacante Régis Wenzel. O jogador, 31 anos, cuja contratação foi anunciada na última sexta-feira, desembarca no Mundão do Bairro Siqueira Campos, nesta quarta-feira, realiza exames médicos e, em seguida, inicia o processo de avaliação física com o professor Wendell Basto.

 

Com passagens por várias equipes do Brasil, com Cruzeiro, do Rio Grande do Sul; Anapolina, de Goiás; Intubiara, de Minas Gerais; Atlético e Tubarão, de Santa Catarina; e, por último, o Gurupi, de Tocantins; o experiente goleador chega para suprir uma das carências detectadas no setor ofensivo, por Elias Gomes.

 

Mesmo com a contratação de Régis Wenzel, a diretoria do Sergipe, através do coordenador Edmilson Silva, continua à procura de reforços. Continua na agenda vermelhinha, para reforçar o elenco, um goleiro, um zagueiro, um volante e um atacante.

 

Ontem, após a folga para as festividades natalinas, os jogadores voltaram ao batente. No período da manhã realizaram treinamentos físico. Para hoje, a programação aponta trabalho em um só expediente. Amanhã, a movimentação será em dose dupla: academia e exercícios físico, pela manhã, e treino técnico-tático, pela tarde. 

Comentários

comments powered by Disqus