10/01/2018 às 11h12 - Esportes

Três reforços do Dragão não enfrentam o Olímpico sábado

Fora da forma física ideal, jogadores se preparam com Marcinho.

Por: JornaldaCidade.Net

Não será, ainda, no próximo sábado, quando o Confiança estreia no Sergipão 2018, enfrentando o Olímpico, de Itabaianinha, no Estádio Batistão, que os torcedores proletários poderão ver, em campo, o volante Lucas Vinicius, o meia Felipe e o meia atacante Pedro Pires, em ação.  Tudo porque os três futebolistas permanecem aprimorado a forma física, com o professor Márcio Chagas, e somente quando foram considerados em condições de treinar com bola serão colocados à disposição do treinador Ailton Silva.

Dos três jogadores, a expectativa é que sexta-feira, por ocasião do coletivo-apronto que o comandante dirigirá, no período tarde, no Sabino Ribeiro, Felipe e Pedro Pires que passaram, recentemente, pela fase de transição, uma vez que vinham de lesões, sejam integrados ao grupo para trabalhos de campo. Mas sem a certeza de serem relacionados para partida, com o vice-campeão do Estadual da Série A2 de 2017.

Quanto a situação de Lucas Vinícius é mais delicada, já que ele vinha em inatividade, faz um tempo, o que significa que terá de passar por mais alguns dias, fazendo um trabalho de recondicionamento físico. O jovem craque, que foi emprestado pelo Grêmio Porto Alegrense até o mês de julho e foi apresentado, oficialmente, na tarde da terça-feira passado, disse que está muito motivado e esperançoso.

“Acredito que não demorará muito e estarei treinando com bola”, afirmou o jogador, campeão vestindo a camisa do arquirrival Sergipe, em 2016.

Renda para o clube

Com o intuito de ter mais uma fonte de renda para o Confiança, a diretoria azulina acertou o arrendamento completo das vendas realizadas, nos jogos da Arena Batistão. A partir do próximo sábado, quando o Dragão enfrenta o Olímpico, de Itabaianinha, no jogo de abertura de Sergipão 2018, todas rendas dos produtos vendidos nas instalações da praça de esportes serão revertidas para o clube. 

“Antigamente, o Confiança pagava todas as despesas, como taxas de segurança, de iluminação, de aluguel, seguranças, bilheteiros e funcionários que são necessários para a logística do evento e não obtinha lucro nenhum na venda dos produtos. Então, a partir de agora, faremos esse arrendamento. Com isso, o Confiança não terá só despesas nos jogos e começará a ter lucro.

“Todos os produtos, que os torcedores comprarem no Batistão, os valores serão revertidos para o clube. Todas os grandes clubes adotam este método nas arenas de seus estados e com o Confiança não vai ser diferente. Também, estamos pensando nos ambulantes e vamos fazer um cadastramento para beneficiá-los”, afirmou o presidente do Confiança, Hyago França. 

Para os ambulantes que desejarem trabalhar na Arena Batistão é necessário comparecer ao Sabino Ribeiro, para fazer um cadastro e solicitar a liberação, de acordo com as novas normas de comercialização. O atendimento é das 9h às 17h, até amanhã. 

A ideia é transformar o consumo dos torcedores em um dos maiores patrocinadores do Dragão, em busca dos objetivos traçados para 2018.

Comentários

comments powered by Disqus