29/06/2018 as 10:58

Copa do Mundo

Confrontos definidos: o que esperar das oitavas de final da Copa

Após 96 jogos, recheados de surpresas, zebras, dramas e triunfos, foram definidos os confrontos das oitavas de final, que prometem grandes emoções.


Confrontos definidos: o que esperar das oitavas de final da CopaFoto: Francisco Leong/AFP

Chegou ao fim, nesta quinta-feira, a primeira fase da Copa do Mundo. Após 96 jogos, recheados de surpresas, zebras, dramas e triunfos, foram definidos os confrontos das oitavas de final, que prometem grandes emoções.

Começando pelo Brasil, que garantiu a primeira colocação do Grupo E com duas vitórias e um empate. Agora, Seleção verde e amarela terá pela frente a seleção do México, em confronto que marca o reencontro entre as equipes, que duelaram na Copa de 2014, porém na fase de grupos – a partida terminou empatada em 0 a 0 – e também entre Tite e Juan Carlos Osório. Os técnicos já se enfrentaram quando Tite comandava o Corinthians e Osório, o São Paulo.

Resta a dúvida de como Osório armará seu time para enfrentar os brasileiros. Do lado brasileiro, fica o questionamento sobre o estado físico de Marcelo, que parece não preocupar, e se Neymar, com apenas um gol marcado até agora, irá aparecer e brilhar de fato.

Os mexicanos, inclusive, vieram de um grupo reachado de surpresas, no qual a zebra deu as caras. A Alemanha acabou dando adeus ao Mundial, com duas derrotas e uma vitória, perdendo a chance de defender seu título e garantindo ainda o Brasil como o único pentacampeão mundial (já que os dois tetracampeões, Itália e Alemanha, não podem mais levantar a taça. E quem ficou com o primeiro lugar foi a Suécia, que venceu por 3 a 0 o México na última rodada, e encara nas oitavas a Suíça, em duelo franco e aberto, sem um grande favorito.

Pela parte de cima do chaveamento, grandes jogos prometem muitas emoções. Com 100% de aproveitamento, o Uruguai (líder do Grupo A) desafia a seleção de Portugal, que colocará frente a frente dois dos maiores jogadores da atualidade: Cristiano Ronaldo, que já anotou quatro gols e faz sua melhor Copa do Mundo na carreira, e Luis Suárez, que anotou dois tentos.

Do outro lado, a Espanha enfrenta a anfitriã Rússia. Antes do início do Mundial, poderia se dizer que seria um confronto tranquilo para a Fúria. Porém, depois de uma goleada na estreia contra a Arábia Saudita e uma boa vitória sobre o Egito, é preciso abrir o olho com os russos, que ainda tem o trunfo de jogar diante de sua torcida.

Ainda na parte de cima, depois de um sufoco, a Argentina conseguiu a classificação, mas terá uma pedreira pela frente: a França. Apesar do favoritismo, os franceses não apresentaram todo o seu potencial na fase de grupos, especialmente Antoine Griezmann, e precisarão crescer para vencer os hermanos, que vêm embalados pela heroica vitória sobre a Nigéria. Lionel Messi tem apenas um gol marcado e precisará liderar um time bagunçado e bastante questionado, especialmente seu técnico, Jorge Sampaoli. Resumindo, um jogo aberto entre duas grandes seleções.

Pela parte de baixo do chaveamento, Bélgica e Inglaterra confirmaram o favoritismo. A badalada geração belga encara agora o surpreendente Japão, que se classificou em segundo do Grupo H. A equipe europeia conta com um jovem e talentoso time, além de Romelu Lukaku, que, com quatro gols, briga pela Chuteira de Ouro, e quer avançar na Copa para se consolidar de vez entre as grandes seleções mundiais.

Os Ingleses, por sua vez, farão um duelo interessante contra a Colômbia. De um lado, o artilheiro da competição até aqui, Harry Kane, com cinco tentos. De outro, dúvida quanto ao seu principal craque, James Rodríguez, que sentiu uma lesão nesta quinta-feira. Os Three Lions deixam para trás o vexame da última Copa, quando caíram ainda na primeira fase, enquanto os colombianos querem, pelo menos, repetir a campanha de 2014, quando foram eliminados nas quartas de final pelo Brasil.

Confira todos os confrontos por ordem de data e no horário de Brasília.

Sábado (30/06):

11h: França x Argentina
15h: Uruguai x Portugal

Domingo (01/07):

11h: Espanha x Rússia
15h: Croácia x Dinamarca

Segunda-feira (02/07):

11h: Brasil x México
15h: Bélgica x Japão

Terça-feira (03/07):

11h: Suécia x Suíça
15h: Inglaterra x Colômbia

Gazeta Esportiva