16/10/2018 as 10:58

Futebol

Canarinho e Galo empatam e final será em Porto da Folha

Duelo decisivo acontece domingo que vem no Estádio Caio Feitosa.


Canarinho e Galo empatam e final será em Porto da Folha

Estanciano e Guarany começaram a decidir o Campeonato Sergipano da Série A-2 de 2019, na tarde do último domingo. No primeiro confronto, disputado no Estádio Francão, na cidade de Estância, deu empate, por 1 a 1. Jefinho abriu o placar para o Galo do Sertão e Thiago Santos deixou tudo igual para o Canarinho.

No primeiro tempo, mesmo jogando em casa, o Estanciano não conseguia impor o ritmo de jogo. Tanto que o goleiro Ismael não fez nenhuma grande defesa. Já o Galo, nos contra-ataques, chegava com mais perigo. Com isso, as duas equipes foram para o intervalo do jogo sem marcar.

Na etapa complementar, a história foi diferente. Logo aos 10 minutos, após bobeada do bloco defensivo do Canarinho do Piauitinga, Jefinho, de cabeça, abriu o placar para o Galo do Sertão. A alegria do time comandado pelo técnico Pedrinho durou pouco tempo. Isso porque, cinco minutos depois, Thiago Santos chutou forte, de longe, e empatou para o Estanciano.

Depois do gol, o Canarinho se animou e foi com tudo para o campo de ataque. O Guarany teve a chance de desempatar com GTA, mas o goleiro Célio Gabriel saiu muito bem, evitando o tento do adversário.

No final do encontro, já nos acréscimos, Dadan teve tudo para dar a vitória a agremiação da Cidade Jardim, mas finalizou mal e a bola acabou acertando a trave. da meta guarnecida pelo jovem Ismael, emprestado pelo Confiança.


As duas equipes voltam a se enfrentar na tarde do próximo domingo, 21, desta vez, no Caio Feitosa, em Porto da Folha. Quem vencer o duelo será o campeão e terá vaga assegurada na divisão de elite do futebol sergipano em 2019. Uma nova igualdade no marcado levará a decisão para as cobranças de penalidades máximas. 

Ficha técnica
Estanciano 1 x 1 Guarany
Gols: Jefinho para o Guarany e Thiago Santos para o Estanciano
Renda: R$ 3.270,00

Público: B
Estanciano: Célio Gabriel, Bruno Geovani, Islan, Henrique e Eduardo; Pablo, Josué (Jonatas Carioca), Bruno Kabelo (Dadan) e Thiago Santos (Davi); Diego Neves e Jonathan Recife. Técnico: Pedrinho.