13/04/2018 as 12:20

Tecnoconsult realiza palestra sobre empoderamento feminino

Ação faz parte do projeto “+Conexão”, exclusivo para os colaboradores da Construtora e da Sellectus Imobiliária.


A Tecnoconsult Engenharia, junto à Sellectus Imobiliária, iniciou o projeto “+Conexão” de um jeito poderoso. No dia 6 de abril, na sede da Construtora, colaboradores dos escritórios das duas empresas se reuniram para um bate-papo cheio de informação e com muita troca de ideias sobre empoderamento feminino. Para falar a respeito do assunto e comandar a conversa entre mulheres e homens, foi convidada a professora Lavínia Cruz, cientista social e mestre em Sociologia pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), que traçou um panorama das questões de gênero na sociedade brasileira e o caminho em busca da igualdade entre homens e mulheres nas mais diversas áreas.

 



O “+Conexão”, um projeto inovador implantado este ano e exclusivo para os colaboradores das duas empresas, tem como objetivo propor uma maior conexão dos participantes com o universo dos negócios, da saúde laboral, do saber e com tudo que possa ajudá-los pessoal e profissionalmente. Diante disso, o “+Conexão” trará palestras realizadas sempre na última semana de cada mês, que abordarão assuntos variados sobre negócios, coaching, reflexões sociais, culturais, treinamentos, vivências e dinâmicas. O próximo encontro, aliás, será sobre posturas e saúde no trabalho com foco na ginástica laboral.

Mel Oliveira, assessora de Marketing da Construtora, iniciou o encontro do dia 6, falando sobre o foco do projeto: a conexão consigo e com o mundo. “O projeto tem como ideia principal promover momentos de confraternização e, principalmente, de autorreflexão sobre a vida pessoal e profissional da equipe”, disse. Na palestra da semana passada, ela explicou, o assunto foi escolhido diante do atual protagonismo feminino nas mais diversas áreas. E um bom exemplo disso, aliás, pode ser visto no próprio escritório da Tecnoconsult, onde cerca de 90% dos colaboradores são mulheres.

Iniciando a conversa, a cientista social Lavínia Cruz destacou que, historicamente, o protagonismo feminino passou a existir quando a mulher deixou de ser apenas dona de casa para se inserir mais fortemente no mercado de trabalho – em especial, nas fábricas. Já o termo empoderamento feminino, mais recente e tão disseminado pela mídia contemporânea, tem ganhado destaque com a busca pela equidade de gêneros, ou seja, direitos iguais para homens e mulheres, conceito que se embasa na luta do feminismo ao longo dos anos.


Para Lavínia, infelizmente, conquistar a igualdade de gênero não é nada simples. “Ser mulher numa sociedade machista como a que temos em nosso País não é fácil. Prova disso é a violência contra as mulheres, vítimas de seus companheiros ou ex-companheiros ou até dos próprios pais. Milhares, inclusive, são assassinadas. Na verdade, esses crimes são feminicídios, pois a causa da violência tem ligação direta com o simples fato de ser mulher”, aponta.


Dentro desse contexto, além das questões de gênero, segundo a cientista social, nota-se, também, as discrepâncias de classe e de raça, em que mulheres pobres e negras sofrem ainda mais com a violência, elevando as estatísticas de estupros e abusos sexuais. “Quem é mulher sabe o medo de estar sozinha tarde da noite numa rua deserta ao ter que voltar para casa após um dia de trabalho”, exemplificou.
De imediato, o público mostrou empatia e passou a se manifestar espontaneamente. Assim, mulheres e homens fizeram relatos pessoais ou de terceiros, promovendo uma troca de experiências salutar e proveitosa, o que deixou o bate-papo descontraído e ainda mais rico de informações. De histórias sobre educação de filhos e filhas em tempos de empoderamento feminino ao tema da equiparação salarial para ambos os sexos, passando até mesmo por questões de orientação sexual, o primeiro encontro nascido do projeto “+Conexão” foi, de fato, um sucesso. Afinal, a Tecnoconsult conseguiu seu objetivo ao promover uma importante reflexão sobre o papel da mulher e o crescente protagonismo feminino na sociedade. Ao final da palestra, foi realizado um coquetel.