03/09/2018 as 11:30

Le Provence

Projeyo: Tudo acontece no living

Projeto arquitetônico valoriza funcionalidade e acolhimento com integração de ambientes em apartamento no Le Provence


Em uma tradução literal, “living room” significa sala de vivência, que, por sua vez, remete a viver, ter vida. E é isso o que propõe o living ampliado deste apartamento no Le Provence, empreendimento da Norcon Rossi no Jardim Europa, na região mais nobre do Bairro Jardins. Assinado pelo arquiteto Rodrigo Fonseca, cuja empresa encarou o desafio de entregar o projeto e a execução da obra em tempo recorde de 45 dias, o apartamento de 123 metros quadrados foi totalmente pensado para atender às necessidades da advogada Renatha Guilherme Carvalho Rocha e a família dela, que antes morava em uma casa.


                                        

“Meu primeiro pedido a Rodrigo foi: quero um lar que eu consiga utilizar bem os espaços, que seja tudo fácil, que seja bonita, moderna e atual por muito tempo. E ele me presenteou literalmente com esse projeto, e Verah [Carvalho] também, com a questão da reforma. Meu espaço preferido é o living. Tudo acontece aqui. É o ambiente mais utilizado da casa. É onde recebemos visitas, e o maior tempo que passamos com nossa filha é aqui”, explica a dona da casa.

Projeto
Com pouco tempo hábil para a execução, o arquiteto elaborou um projeto que priorizou um layout leve e manteve vários dos aspectos originais de acabamento, como piso e bancadas, graças à reconhecida qualidade da Norcon Rossi. De acordo com Verah Carvalho, sócia de Rodrigo e responsável pela execução do projeto, 23 pessoas trabalharam no imóvel para conseguir entregá-lo dentro do prazo definido com a proprietária. “Mantivemos aspectos originais, por causa do padrão do empreendimento, inclusive, o piso. Apenas ampliamos, colocando o mesmo tipo de revestimento para a varanda gourmet, porque o achamos maravilhoso. A gente tinha um prazo supercurto e, mesmo assim, deu tudo certo”, comemora.


Mais especificamente no living, que é o carro-chefe do apartamento, houve a demolição de algumas paredes para criar a integração das salas de televisão e estar com o espaço gourmet, projetado na varanda. Sem uma transição fixa entre os ambientes, a paleta de cores prezou pelos tons de cinza, bege e verde escuro para promover a sensação de acolhimento e atemporalidade, sem deixar de lado a funcionalidade, comenta o arquiteto. “A gente sempre busca trazer algo mais neutro para não cansar mesmo. Uma das características dos nossos projetos é que sempre primamos pela atemporalidade. Claro que tem a questão das tendências, que é algo que acompanhamos e trazemos para o projeto, como o linho das cadeiras, o tom de verde utilizado na varanda, mas é algo que permanecerá atual no próximo ano e nos subsequentes também”, explica Rodrigo Fonseca.
Sem uma transição fixa, todos os ambientes do living conversam entre si, fazendo com que o espaço aparente ser ainda maior. Segundo Rodrigo, todos os móveis foram pensados a partir do quesito versatilidade, e foi proposital não ter sofá no ambiente principal do living. “Fizemos desta forma, porque a Renatha disse que queria receber nesse espaço. Então, temos uma mesa de quatro lugares na varanda com bancada de suporte, adega, que interage com a sala de estar, que não tem sofá nem mesa de centro, mas, sim, quatro poltronas e apoios laterais para facilitar a circulação”, esclarece.

Além disso, de acordo com o arquiteto, o sofá foi restrito apenas à sala de TV. Também foi criado um móvel de madeira, com função dupla de cristaleira e buffet, como se fosse parte da parede, mas que integra o mobiliário. “Na sala de jantar, colocamos uma mesa oval de seis lugares e fomos criando em cima dessa necessidade de funcionalidade e aproveitamento de espaço”, justifica.
O resultado disso é que o apartamento parece muito maior do que é. Tão grande que conseguiu ainda absorver nas paredes parte da história do casal, que coleciona quadros trazidos das viagens deles. “Tudo o que eu tinha em uma casa coube aqui. Meu marido e eu costumávamos viajar bastante e colecionávamos quadros de viagem, e até nisso Rodrigo teve cuidado. Ele conseguiu trazer todos para cá. Na casa, a gente tinha um salão e uma parede enorme de quadros, e eu achando que a gente não ia conseguir trazer. Rodrigo espalhou os quadros no quarto, no corredor, no living. Em todo lugar da casa tem um pouquinho das nossas lembranças. Ele conseguiu trazer um pouquinho da nossa casa conosco”, emociona-se Renatha.

Le Provence
A advogada Renatha Rocha conta que olhou apenas dois apartamentos antes de decidir pela compra. O fator decisivo para escolher o Le Provence foi o investimento do empreendimento nas áreas comuns. “Quem tem filhos olha muito mais pelas necessidades deles do que das nossas. Quando visitei o Le Provence, me encantei. São muitos os espaços de lazer para a Giovanna. Vi apenas outro imóvel, mas não gostei, porque não tinha muito espaço para crianças. No mesmo dia que visitamos, fechamos com a Norcon Rossi”, revela.
O empreendimento da Norcon Rossi, inspirado na região sudoeste da França, fica na área mais nobre do Jardins, chamada Jardim Europa. Projetado pelo renomado arquiteto Paulo Rehm, tem ainda a assinatura de Guilherme Takeda (paisagismo) e Gilvan Acciolli (decoração e ambientação das áreas comuns). Para obter mais informações, consulte um dos corretores de plantão no Espaço Norcon Rossi, na Rua José Carvalho Pinto, 280, Bairro Jardins. Ou entre em contato pelo telefone (079) 3194-1700.