05/09/2018 as 14:11

Municípios

Justiça concede registro de bebê encontrado em lixo de hospital

A mãe do bebê já foi identificada pela polícia.


Justiça concede registro de bebê encontrado em lixo de hospitalFoto: Divulgação

A juíza da 2ª Vara Cível, Tatiane Nascimento, concedeu registro provisório ao bebê encontrado em uma lixeira do Hospital Regional D. Jessé Fontes, em Estância. Segundo a magistrada, o registro foi feito nesta terça-feira (4) junto com o pedido de manutenção do atendimento no abrigo, onde está desde a segunda (3), quando recebeu alta da Maternidade Amparo de Maria.

O nome não foi revelado para proteger a imagem do bebê.

MÃE IDENTIFICADA 

De acordo com a delegada Gisele Martins Pimentel, da Delegacia Especial de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DEAGV) de Estância, a mãe do bebê foi identificada ontem (4) e trata-se de uma adolescente e, a princípio, não teria confessado ser a mãe da criança, mas depois da realização do exame beta HCG, foi constatado a gravidez recente, e ela assumiu que deixou o bebê no latão de lixo.

O CASO

O bebê recém-nascido foi abandonado no vaso de lixo do banheiro da recepção do Hospital Regional de Estância no último domingo (2). A informação preliminar foi de que a mãe teria entrada em trabalho de parto dentro do banheiro da recepção e dado à luz no local.

De acordo com a diretora do hospital, Luara Cedim, o bebê estava coberto com papel-toalha e foi encontrado por funcionários do hospital, após ouvirem o choro da criança, que ainda estava com a placenta e o cordão umbilical.

O caso ainda está sendo investigado pela polícia.











Quer receber as melhores notícias no seu Whatsapp?

Cadastre seu número agora mesmo!

Houve um erro ao enviar. Tente novamente mais tarde.
Seu número foi cadastrado com sucesso! Em breve você receberá nossas notícias.