06/09/2018 as 13:16

Prefeita afastada

Pedro da Lagoa é o prefeito interino de Riachão do Dantas

Com o afastamento da prefeita Gerana Costa e do seu vice Luciano Gois, no último dia 29 de agosto, o parlamentar assume o mandato até julgamento do processo.


Pedro da Lagoa é o prefeito interino de Riachão do DantasFoto: Divulgação

Em sessão solene realizada na noite desta quarta-feira (5) a Câmara de Vereadores do município de Riachão do Dantas, no Centro-Sul do estado, deu posse ao prefeito interino, vereador e presidente do Legislativo Pedro Santos Oliveira, o Pedro da Lagoa, filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT).

Com o afastamento da prefeita Gerana Costa (PT do B) e do seu vice Luciano Gois, por determinação do Tribunal Regional Elitoral (TER/SE) no último dia 29 de agosto, o parlamentar assume o mandato até julgamento do processo em questão ou a realização de novas eleições o que por Lei, pode ocorrer dentro de até 45 dias.

PERFIL

Nascido no povoado Lagoa, na zona rural daquele município, é funcionário público, tem 46 anos, casado, pai de duas filhas, está em seu segundo mandato como vereador.

SEGUNDA VEZ NA CADEIRA

Durante seu primeiro mandato no ano de 2010 ele já havia experimentado o poder executivo em razão ao afastamento do então prefeito Laelson Meneses (PT do B), por ironia, esposo da prefeita Gerana Costa.

Nas eleições de 2012 foi candidato a vice-prefeito na chapa do candidato Ruy Vieira (PSC), porem foram derrotados por Ivan Macedo (PSD) .

PLANOS EMERGENCIAIS

“Não posso dizer que estava preparado para esta nova missão, mas sou daqueles que preferem o fracasso ao tédio. Penso que devemos ressalvar o esforço e a dedicação impregnada pela Justiça Eleitoral que deu um basta nos desmandos que há tempos ocorriam neste município”, salientou Pedro.

Em coletiva de imprensa, o prefeito interino afirmou que seu primeiro compromisso é reorganizar os principais órgãos do município, e garantir o total restabelecimento do atendimento à população que, segundo o mesmo, foi praticamente suspenso desde que o caos se instaurou na administração de Riachão há uma semana. Para tanto, pede aos servidores que retomem aos seus postos de serviço nesta quinta-feira(6).

Dos dez vereadores restantes que compõe o Legislativo de Riachão, sete compareceram ao plenário e se revezaram na tribuna em discursos de apoio a gestão novo prefeito: . Respectivamente Tarcísio Almeida (PMDB); Junior Lopes (PMDB); Ninito do Curralinho (PTC); Galego da Samba (PSD); Albertino Franco (PROS); Genaro de Bodó (PSB) e Edson de Euripes (PR) que assume a presidência da mesa diretora durante o mandato do colega Pedro.