09/01/2019 as 17:27

CARIRA

Sindispuc cobra salário de dezembro e 13º pago a servidores de Carira

Sindicato entrega ofício à Gestão Municipal cobrando remuneração atrasada e solução para problemas antigos como atualização salarial, cronograma de férias e licença


Sindispuc cobra salário de dezembro e 13º pago a servidores de CariraFoto: Divulgação

Valtenilson Santos Silva, o Zominha, presidente do SINDISPUC (Sindicato dos Servidores Públicos de Carira), foi até a Prefeitura de Carira na última terça, 8, para cobrar o pagamento do 13º salário que ainda não foi pago a alguns servidores públicos do município e o pagamento referente ao mês de dezembro de 2018, pois algumas categorias não receberam até o presente momento.

Filiado à Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE), o sindicato aproveitou a oportunidade para discutir pautas antigas, listadas no ofício, como: atualização salarial (já são 8 anos sem reajuste), cumprimento dos direitos adquiridos (adicionais), cronograma de pagamento do salário, cronograma de férias e licenças, consignados e atualização do estatuto do servidor.

Segundo Zominha, a realidade de atraso no pagamento de salários assim como a baixa remuneração mantém os 950 servidores de Carira numa situação vexatória. “Em Carira, o servidor não tem poder de compra nenhum. Fica com o nome sujo na praça, recebe pouco, nunca sabe quando vai chegar o salário e isso afeta até o comércio da cidade. Outro problema são as férias vencidas duas e até três vezes, isso prejudica os servidores, precisamos conversar com a gestão e solucionar esses problemas”, resumiu.

Após a entrega do ofício e em diálogo com a secretária de Administração do Município, o presidente do Sindispuc foi informado que a remuneração atrasada de dezembro e o 13º dos servidores que ainda não receberam serão pagos nesta quinta-feira, dia 10. “Os servidores de Carira precisam se unir para fortalecer o sindicato e cobrar o cumprimento dos seus direitos. Temos muitas pendências para resolver e o caminho é a união e a mobilização”, explicou.

Fonte: Sindispuc