15/03/2019 as 17:23

NO INTERIOR

Família denuncia descaso da Prefeitura de Itaporanga

Segundo um morador, a prefeitura ignorou várias solicitações de avaliação na residência que está à beira do desabamento


Família denuncia descaso da Prefeitura de ItaporangaFoto: Arquivo Pessoal

Com chuvas intensas por todo o estado de Sergipe, a situação de alguns moradores no município é bastante crítica. Um dos casos é de Maria Augusta Teixeira, de 49 anos. A casa dela está preste a desabar, e a situação desconfortável motivou várias reclamações para a Prefeitura de Itaporanga D’ajuda.

O sobrinho de Maria Augusta, Luciano Santos, entrou em contato com o Jornal da Cidade reclamando de desserviço da prefeitura. “A situação está complicada, o teto dela está desabando, então ela foi na prefeitura para resolver e pedir uma ajuda, para ver se ele reformava. O prefeito [Otavio Sobral] sempre fala que virá hoje e amanhã e nunca vem”, desabafa.

Segundo Luciano, o fato de sua tia ser hipertensa e a dificuldade de solução do problema da casa “pode matar o casal”, já que Maria Augusta mora com seu marido, Cidilei Santos Silva.

O JC entrou em contato com a assessoria da Prefeitura de Itaporanga que garantiu que eles não estavam inclusos no programa Aluguel Social, e que a cidade não tem uma política de construção de casas.

“Quando existe um fato de calamidade com um cidadão de extrema pobreza, é ofertado o aluguel social. Hoje temos por volta de 15 famílias cadastradas no programa. Como checamos, ela [Maria Augusta] não está inclusa. Solicitamos um assistente social para ir na residência e fazer a avaliação”, garantiu o assessor Junior Fontes, ao JC.