29/08/2019 as 15:05

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

MP aciona gestores municipais de Lagarto por prática de nepotismo

Exoneração de atual secretária de saúde já havia sido recomendada


O Ministério Público de Sergipe apresentou à Justiça ações contra o prefeito licenciado do município, José Valmir Monteiro, e contra a prefeita em exercício, Hilda Rollemberg Ribeiro, pela prática de nepotismo.

De acordo com o MP, os gestores nomearam parentes para cargos do Secretariado Municipal. Valmir Monteiro nomeou esposa, irmãs e filho, enquanto Hilda Ribeiro nomeou a cunhada também para o mesmo cargo.

O promotor de justiça Belarmino Alves dos Anjos Neto, responsável pelo caso, já havia recomendado a exoneração de Polyana Ribeiro, atual secretária municipal de Saúde e cunhada da prefeita Hilda.

Para o MP, não há justificativa técnica para as nomeações, tendo em vista que os secretários nomeados não tinham no currículo capacitação profissional que explique a nomeação. Levando a crer que o vínculo familiar tenha sido o fator determinante, o que implica em prática de improbidade administrativa.

Na ação, foi requerida condenação para suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa, proibição de contratar com o poder público e perda da função pública que estiver ocupando.

As assessorias dos gestores foram procuradas, mas até o momento não recebemos nenhuma resposta sobre o caso. O Jornal da Cidade permanece à disposição.