04/09/2019 as 13:46

LIVRES

Garotinho e Rosinha deixam prisão

Ex-governadores foram presos na tarde de ontem,3, acusados de corrupção


O ex-governador do Rio, Anthony Garotinho, deixou o presídio de Benfica, para onde foi levado, ontem, 3, após a prisão decretada pelo juízo da 2ª Vara Criminal da Comarca de Campos dos Goytacazes, no norte fluminense atendendo a denúncia oferecida pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ).

Além dele, foram presos no âmbito da Operação Secretum Domus, a ex-governadora e ex-prefeita de Campos, Rosinha Matheus; e Sérgio dos Santos Barcelos, Ângelo Alvarenga Cardoso Gomes e Gabriela Trindade Quintanilha, apontados, nas investigações, como intermediadores de propinas que, conforme o MPRJ, teriam sido recebidas pelo casal Garotinho no valor de R$ 25 milhões entregues pela construtora Odebrecht.

Na saída, o ex-governador atribuiu a sua prisão, em decisão de primeira instância, ao clima político de Campos, no norte fluminense, sua base eleitoral. Garotinho afirmou que não se enriqueceu com a política e negou o recebimento de propinas conforme a denúncia do MPRJ. “Se eu tivesse recebido propina não estava morando de aluguel no bairro do Flamengo”, afirmou.

A esposa de Garotinho, a ex-governadora Rosinha Garotinho deixou o complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, por volta das 12h50.

Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), Sérgio dos Santos Barcelos, Ângelo Alvarenga Cardoso Gomes e Gabriela Trindade Quintanilha, ainda estão no sistema prisional do estado.

 

Leia também:

http://www.jornaldacidade.net/nacional/2019/09/311599/anthony-garotinho-e-rosinha-matheus-sao-presos-por-receber-r.html