27/11/2017 às 16h17 - Turismo

Lençóis Maranhenses são um dos mais belos cenários do mundo

Onde mais você poderia encontrar um deserto repleto de lagoas no mundo? No Maranhão, é claro!

Um dos cenários mais belos do mundo: os Lençóis Maranhenses. O Centro Histórico da capital São Luís, tombado como patrimônio mundial e repleto de construções que misturam influências francesas, portuguesas e holandesas.

 

Foto: Nael Reis
Palácio dos Leões

 

Mostrando os traços da cultura local, especialmente o Bumba meu boi, que remete à influência indígena na formação do povo maranhense. A localização geográfica propiciou ao Maranhão um híbrido das culturas do Norte e do Nordeste, seja no artesanato, no folclore ou na música popular. A culinária inclui pratos típicos como o arroz de cuxá e o sorvete de buriti.

 

Em Barreirinhas, a porta de entrada para os Lençóis Maranhenses. Da cidade partem veículos 4×4 que levam os turistas até as lagoas de água doce. O melhor período para conhecer o parque é entre maio e agosto, quando as chuvas acabam e as lagoas enchem.

 

Para ajudar na preservação e na exploração sustentável do turismo nos destinos maranhenses, o Ministério do Turismo apoiou nos últimos anos projetos que somam quase R$ 457 milhões, entre eles a recuperação do Teatro Arthur Azevedo, em São Luís, e a sinalização turística na rua Raimundo de Moraes, no bairro Bom Sucesso em Imperatriz.

 

Na trilha 


O Parque Nacional da Chapada das Mesas é um dos principais atrativos turísticos naturais do município maranhense. Imperatriz prima pela rica biodiversidade do cerrado e pela beleza de suas paisagens naturais compostas por paredões, cavernas, cânions, buritizais e cachoeiras, que formam piscinas de águas cristalinas. A observação de aves endêmicas do local e as atividades relacionadas ao turismo de aventura, como trilhas ecológicas, rapel e canionismo, destacam-se entre os fatores que atraem os turistas ao local.

 

São Luís


Única cidade brasileira fundada por franceses, São Luís foi ocupada por holandeses por três anos e reconquistada pelos portugueses. Vestígios dessa saga são encontrados na Cidade Velha. Pelos becos, ruas e vielas, os casarões dos séculos XVIII e XIX, muitos deles revestidos de azulejos originais, são testemunhas desses tempos. Na Rua do Sol estão o Museu Histórico e Artístico do Maranhão e o Teatro Arthur Azevedo. Visite a Matriz da Sé, erguida por jesuítas, a Casa de Nhozinho, que homenageia um dos mais importantes artesãos maranhenses, e o Palácio dos Leões, antiga fortaleza francesa.

 

Foto: Nael Reis

 

Lençóis Maranhenses


Os Lençóis Maranhenses ficam no litoral oriental do Maranhão e compreende os municípios de Humberto de Campos, Primeira Cruz, Santo Amaro e Barreirinhas, este último sendo o principal portão de entrada para esta fantástica beleza natural.

 

Seu maior atrativo é o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, às margens do Rio Preguiças. São 155 mil hectares de paisagens deslumbrantes, cheio de dunas com até 40 metros de altura e lagoas de água doce e cristalina.

 

O parque é considerado uma formação geológica rara no planeta, apresentando um ecossistema único e riquíssimo. As dunas chegam do litoral adentrando em até 25 Km da costa e as inúmeras e límpidas lagoas se formam com as chuvas do período chuvoso que vai de dezembro até abril.

 

A melhor época para se visitar os Lençóis é de maio até o início de outubro, sendo o ápice nos meses de junho e julho, quando as lagoas estão cheias e indicadas para mergulhos. Mas isso não quer dizer que o parque não ofereça atrações durante os outros seis meses do ano. O convívio com a cultura e comunidades locais, entretenimento e aventura nas dunas do parque é o que não faltam.

 

Lençóis é um verdadeiro paraíso natural. Sua singularidade atrai turistas do mundo inteiro dispostos a encarar caminhadas pelos areais, de se emocionar com cenários de deslumbrante beleza e se deliciar com mergulhos nas águas cristalinas. O convívio com as comunidades locais também proporciona um intercâmbio muito rico de experiências. Um espetáculo que dificilmente vai se apagar de sua memória.

 

Centro Histórico de São Luís


O Centro Histórico de São Luís se destaca pela uniformidade e pela beleza simples e regular dos seus imóveis, formando um dos maiores conjuntos arquitetônicos de essência portuguesa ainda preservados da América Latina. Fatores que levaram este conjunto a compor a lista da Unesco de patrimônios culturais do mundo, em 1997.

 

Possui um acervo arquitetônico colonial avaliado em cerca de quatro mil prédios, distribuídos por mais de 220 hectares, sendo grande parte deles sobradões com mirantes, muitos revestidos com azulejos portugueses. Construídos pelos senhores que comandavam a produção de algodão na região, os solares e sobrados são marcas do apogeu econômico da cidade.

Comentários

comments powered by Disqus