09/01/2018 às 13h41 - Turismo

Aracaju é destaque na Argentina como destino turístico

Jornalista descreve a capital sergipana como “uma cidade com um ritmo amigável”.

Por: AAN

Foto: Kate Salomão

 

O jornal argentino Página 12 , em seu caderno de turismo, mostrou na edição de domingo, 7, matéria destacando as belezas de Sergipe e de Aracaju. A publicação é resultado de um fampress realizado em dezembro do ano passado com jornalistas argentinos. A iniciativa foi da Secretaria de Estado do Turismo que contou com o apoio da Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Turismo (Semict), e do trade turístico, por meio da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira em Sergipe (Abih/Se), do Aracaju Convention & Visitors Bureau, além da Gol Linhas Aéreas, empresa que opera o primeiro voo internacional regular de Sergipe com destino a Buenos Aires.

 

Na matéria, a jornalista Silvina Quintans descreve a capital sergipana como “uma cidade com um ritmo amigável”, cheia de hotéis, bares e restaurantes, praias amplas e vivas, onde se pode caminhar, praticar esportes e visitar “um dos mais importantes oceanários do Brasil”. 

 

O destaque inicial é para um tradicional conhecido nosso: o caranguejo e seu singular sabor. “A carne macia e deliciosa libera todos os seus sabores, símbolo da riqueza da cultura de Sergipe”, diz a jornalista. Silvina faz ainda um convidativo relato sobre as belezas encontradas em nossa cidade, a exemplo do Centro Histórico de Aracaju, os mercados centrais, com seus artesanatos e comidas típicas, a bela vista do rio Sergipe, e o “moderno” Museu da Gente Sergipana - atrativos que, segundo ela, abrem portas para outros encantos de Aracaju como a Croa do Goré, no Mosqueiro, poeticamente narrada na matéria como “paraíso efêmero”, dado aos movimentos cíclicos da maré encobrindo o banco de areia que forma a croa.

 

“Deixar o tempo correr, sentir a água fresca nos pés, o sabor amargo da cachaça e a cadência da música do Nordeste”, são experiências resumidas por Silvina em inapelável frase: “ficar uma tarde na areia branca da Croa do Goré deve ser um direito”. Ainda sobre nossa faixa litorânea, destaque para a Ilha dos Namorados. “Difícil imaginar um destino mais agradável”, encantou-se mais uma vez a jornalista.

 

Além de toda experiência vivenciada em Aracaju, Silvina Quintans também destacou outros importantes destinos, como o passeio pelo Cânion do Rio São Francisco, Grota do Angico, Cangaço Eco Parque, Museu de Arqueologia de Xingó e a Praia do Saco, ressaltando que Sergipe ainda é um destino “secreto” para os argentinos, que agora têm a oportunidade de chegar à Aracaju por voo direto de Buenos Aires.

 

Mais que um relato sobre lugares, a matéria dá relevo à “infinita” hospitalidade do povo, histórias, forró, gastronomia e a importância que o turismo de experiência exerce atualmente no mundo. Uma abordagem, segundo o secretário municipal da Indústria, Comércio e Turismo, Jorge Santana, estabelecida pela gestão do prefeito Edvaldo Nogueira, como uma das estratégias para o fortalecimento do turismo na capital.  “É animador esse resultado do fampress que trouxe um grupo de jornalistas argentinos a Sergipe, cuja primeira matéria veiculada na mídia portenha certamente irá contribuir para atrair turistas argentinos para Aracaju”, finalizou o secretário.

Comentários

comments powered by Disqus