23/01/2018 às 15h45 - Cultura

‘Lendas e Mitos’ por Crec Leão

Exposição será aberta ao público na próxima quinta-feira, 25.

Por: Gilmara Costa/ Equipe JC

Foto: Arquivo Pessoal
Crec Leão instiga a reflexão sobre o ontem e hoje, há pouco e agora

 

A arte contemporânea em narrativa das antigas civilizações é o enquadramento de um pouco mais de 20 telas que compõem a exposição ‘Lendas e Mitos’, do artista Crec Leão, que será aberta no próximo dia 25, na Galeria M Depósito de Arte. Numa referência a figuras mitológicas, divindades e muito mais, o artista pernambucano, radicado em São Paulo e que há quase 10 anos tem Aracaju como a casa do despertar para as artes visuais, Crec Leão instiga a reflexão sobre o ontem e hoje, há pouco e agora, passado e presente.  

 

“Lendas e Mitos  são ícones da mitologia grega, o lance todo folclore mundial. Apresento essas referências e dou outra roupagem e, então, tem anjo comprando cigarros, Cleópatra numa banheira. E tudo isso numa linguagem da narrativa dentro do quadro, numa relação dos quadrinhos, pois desde moleque leio história em quadrinhos e em meus trabalhos de pesquisa, sempre tenho como fonte”, explicou  Crec Leão. 

 

Numa espécie de exaustão sem ponto final – mas sim, como ponto de partida para outras narrativas -, Crec Leão tem na produção artística a ideia de diálogo entre as obras, num complementariedade de discursos. “Essa uma narrativa presente nos meus trabalhos, em que pego ícones, assim como o fiz com o lance do Cangaço, a religiosidade, eu dou um suposto esgotamento, pois acredito que nunca se consegue esgotar a arte, produzo várias coisas e  vou trabalhando, fazendo com que as obras falem entre si. Pesquiso bastante e tem que ser um estudioso para ser, mostrar e se expressar artisticamente”, destacou. 

 

A exposição tem a curadoria assinada por Marcos Marcelo e expografia de Michele Góis,  fiando aberta ao público até o dia 8 de março. “Aproximadamente serão dois meses de exposição, um tempo bacana para o pessoal ir visitar, gostar e adquirir uma peça. Aqui o mercado de artes, de consumo de obras ainda é tímido, geralmente parte mais de colecionadores, mas trabalho e artista tem muitos e as exposições estão acontecendo”, frisou. 

 

Em São Paulo 


Ao final da exposição em Aracaju, Crec Leão já tem como destino a cidade de São Paulo, onde realizará a exposição ‘cangaço Moderno’. “Tenho peças já produzidas dessa mostra e que vai ficar por lá dois meses, o que acho bastante legal levar essas obras para lá. Estamos finalizando os ajustes para, no final de março, lançar essa exposição”, destacou. 

 

Paralelamente às montagens, o artista revela que tem se debruçado sobre novos experimentos para a realização de uma nova exposição, com o uso de outros materiais. “Estou começando a trabalhar com umas radiografias, com uso de caixa de luz. Enfim, ainda não achei um ponto ainda, mas os estudos estão sendo feitos e, em breve, tem novidade por aí”, garantiu. 

Comentários

comments powered by Disqus