03/04/2018 às 13h37 - Cultura

Cultura indígena é discutida em Fórum organizado pela Funcaju

O evento está programado para acontecer nos dias 19 e 20 deste mês.

Por: AAN

Foto: Marco Vieira/PMA
Centro Cultural abrigará o fórum.

 

Nos dias 19 e 20 de abril, o Centro Cultural de Aracaju localizado no Centro, recebe o II Fórum Sergipano de Cultura Indígena. O evento é realizado pela Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju) em parceria com a Associação Nacional de História de Sergipe (ANPUH-SE).

 

A data do fórum, explica o coordenador do Centro Cultural de Aracaju, Mário Dias, foi escolhida para celebrar o Dia do Índio. “Esta data é importante e serve para lembrar e reforçar a identidade do povo indígena sergipano e brasileiro na história e na cultura. Por isso vamos debater e preservar as tradições e identidade dos indígenas. Dezenove de abril foi escolhido para se exaltar a cultura indígena em homenagem ao Primeiro Congresso Indigenista Interamericano, que ocorreu em 19 de abril de 1940”, ressalta.

 

Ainda de acordo com o coordenador, realizar o Fórum é abrir um espaço de discussão e de socialização de pesquisas e trabalhos sobre o tema. “Na época do descobrimento do Brasil as terras de Sergipe eram habitadas por diversas tribos indígenas, como Tupinambás e Caetés. Só em terras sergipanas existiam cerca de 30 aldeias pertencentes ao mesmo grupo Tupi. Hoje, a única tribo existente é a Xokó, que vive na ilha de São Pedro, no município de Porto da Folha, no sertão sergipano e sertão do São Francisco. Nosso papel é fomentar assuntos que envolvam nossa cultura”, conclui.

 

Exposição


“Para a construção do fórum, além das pesquisas em livros, fomos até ao município de Porto da Folha para vivenciar como os índios da tribo Xokó vivem. Com isso, idealizamos a exposição fotográfica que conta um pouco do dia a dia deles, com fotos de Edinah Mary. O visitante também encontra informações sobre o único grupo indígena em Sergipe. Quem tiver a oportunidade de visitar irá viajar pela cultura indígena através de fotos e textos”, justifica a museóloga Heyse Souza.

 

Programação


O fórum será composto por duas demandas, divididas nos dias do evento. O primeiro módulo terá palestras no dia 19 de abril, às 9h – “Direito e diversidade cultural: análise dos impactos da PEC 215/2000 e da Tese do Marco Temporal sobre os Povos Indígenas”, com o professor e mestre José Alvino Santos Filho. E os “Os Índios e a defesa dos seus direitos: terra, identidade, política e juventude entre os Xokó da Ilha de São Pedro, Porto da Folha/SE”, com palestra do cacique Bá Xokó.

 

O segundo módulo acontece no dia 19 de abril, às 14h30 com a abertura da exposição fotográfica “O Xokó: Índios em Sergipe”. No dia 20, às 9h acontecerá a palestra “A luta jurídica pelo conhecimento territorial dos povos indígenas: breve relato do caso Xokó (SE) com o palestrante o professor Bacharel Evaldo Fernandes Campos. Logo em seguida acontece a palestra “A reconquista das terras Xokó: memórias das lutas e os desafios atuais. Essa palestra será proferida pelo ‘embaixador’ Apolônio Xokó.

 

Inscrições


As inscrições para o Fórum Sergipano de Cultura Indígena são gratuitas e podem ser feitas até o dia 19 de abril através do email: centro.cultural@aracaju.se.gov.br, por telefone 3214-5387 ou de forma presencial no Centro Cultural de Aracaju, localizado na praça General Valadão, no Centro de terça a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados de 9h às 13h,. Outras informações pelo telefone 3214-5387. Os participantes receberão certificado como ouvintes com carga horária de 15 horas. 

Comentários

comments powered by Disqus