10/08/2017 às 13h16 - Saúde

Obra de reestruturação da Maternidade Hildete Falcão está avançada

A previsão é de que o Governo de Sergipe entregue a maternidade no mês de setembro

A obra de reestruturação da Maternidade Hildete Falcão está andando em ritmo acelerado e a unidade já está perto de reabrir as portas para o atendimento à população. Pouco mais 70% da obra já está concluída, faltando apenas os acabamentos do prédio, as instalações da rede elétrica e os reparos na rede de esgoto. A previsão é de que o Governo de Sergipe entregue a maternidade no mês de setembro.

 

“A parte mais complexa foi a construção do novo prédio do Banco de Leite Materno que vai funcionar em anexo a maternidade e, agora, já estamos na fase de acabamentos. A obra está avançada e, em breve, a parte de construção civil estará finalizada para, a partir daí, a unidade começar a receber os móveis e equipamentos”, informa Jorge Assis, diretor de Infraestrutura e Tecnologia da Informação da Secretaria de Estado da Saúde (SES). A reestruturação da Hildete Falcão foi iniciada na segunda quinzena do mês de maio deste ano.

 

Foto: Ascom/SES

 

A maternidade está sendo preparada para realizar partos sem gravidade e ela dará também suporte para a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), que é referência em atendimento a grávidas de alta complexidade, ampliando assim o atendimento as mulheres tanto da capital, como do interior do estado.

 

Estrutura

 

Projetada para atender com rapidez e qualidade às gestantes, a maternidade terá 32 leitos de internamento, um para isolamento, três leitos de pré e pós-parto, que será totalmente humanizado, duas salas de estabilização, seis leitos pré-parto, três leitos de recuperação pós-anestésicos, uma sala de cirurgia e duas salas de parto normal.

 

Serão instalados também dez novos leitos de UTI neonatal (Utin) e seis leitos de Unidade de Cuidados Intermediários Neonatais (Ucin). A Hildete Falcão vai contar ainda com salas de raios-X, salas para realização de exames de eletrocardiograma e ultrassom, um laboratório, mini auditório e uma recepção com capacidade para até 40 pessoas.

Comentários

comments powered by Disqus