18/05/2017 às 17h53 - Aracaju

Manifestação pede saída de Michel Temer da presidência

Movimentos sociais e centrais sindicais realizaram ato pelas ruas do Centro de Aracaju.

Por: JornaldaCidade.Net

Enquanto o presidente Michel Temer fazia um pronunciamento afirmando que não irá renunciar, centenas de pessoas de movimentos sociais e centrais sindicais fizeram uma manifestação, na tarde desta quinta-feira (18), pelas ruas do Centro de Aracaju. Ato pedia a saída de Temer de presidência e eleições diretas. ,

 

Foto: Jadilson Simões/ Equipe JC

 

Segundo o presidente da Central Única dos Trabalhadores em Sergipe (CUT/SE), Rubens Marques, vários movimentos estão envolvidos na luta pela saída do presidente. “É preciso chamar a atenção da população para a gravíssima situação que o país se encontra. Para nós, está mais do que claro que não há condições desse governo continuar no poder e retirar os direitos dos trabalhadores”, frisou. 

 

O ato, que contou com cerca de 200 manifestantes, teve início na praça Camerino, tomou as ruas do Centro da capital e chegou até a sede do PMDB, localizada na avenida Barão de Maruim. 

 

De acordo com informações, a sede do partido do presidente Temer em Sergipe foi apedrejada e o presidente regional do PMDB, João Augusto Gama, através de fotos, localizou algumas pessoas em meio aos manifestantes e informou que fará queixas à polícia, para que seja adotada providência. 

Comentários

comments powered by Disqus