06/11/2017 às 15h32 - Educação

Mais de 70% dos inscritos fizeram primeira prova do Enem em Sergipe

Balanço realizado pelo Inep neste primeiro dia de prova aponta bom comparecimento em Sergipe.

Por: SEED

Foto: Eugênio Barreto

 

Em relação ao primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), realizado neste domingo, 05, em 30 municípios sergipanos, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou que dos 93.284 inscritos, 67.911 alunos compareceram e 25.374 dos alunos se ausentaram, ou seja, 72.80% de presença e 27.20% de ausência. Aproximadamente 18 mil alunos do total estão finalizando os estudos da última etapa da educação básica em escolas da rede pública em Sergipe e 5.500 desses são matriculados nos polos do Programa Pré-Universitário (Preuni) da Seed.

 

Em Sergipe, 58,2% dos participantes são pagantes e 16,8% foram isentos do pagamento da taxa de inscrição em função da Lei ou do Decreto governamental. Por estarem matriculados na rede pública, 25% dos inscritos obtiveram a gratuidade automática. Em relação à situação de ensino, 67,3% já concluiu o Ensino Médio, enquanto 21,4% é concluinte este ano, sendo que apenas 10% concluirá após 2017 (treineiros). Do total de participantes em Sergipe, 60,5% são mulheres e 39,5% são homens.

 

O Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seed) - órgão responsável pela gestão da Política Estadual de Educação - ressalta que mesmo com 21,5% menos participantes que na edição 2016 do Exame Nacional do Ensino Médio, as provas este ano em Sergipe estão sendo aplicadas em 30 municípios, um município a mais que na edição anterior. No Enem 2016, o estado teve 118.976 participantes. A queda no número de inscrições é consequência do Enem ter deixado de certificar o Ensino Médio, tarefa que voltou a ser do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

 

Foto: Eugênio Barreto

 

A próxima etapa do Enem será realizada neste domingo, 12, quando os candidatos irão responder às questões das provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias, com duração máxima de 4 horas e 30 minutos. Os portões serão abertos às 11h e fechados às 12h.  Pela primeira vez, as provas estão sendo realizadas em dois dias, personalizadas com o nome e número de inscrição dos participantes. Neste primeiro dia, a redação foi aplicada, juntamente com as provas de Linguagens Códigos e sua Tecnologia e Ciências Humanas e suas Tecnologias, com duração máxima de 5 horas e 30 minutos.

 

Tema da redação

 

"Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil" foi o tema do Enem 2017, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) no início da tarde deste domingo (5). O tema não foi novidade para os alunos cursistas do Pré-Universitário da Secretaria de Estado da Educação.

 

O diretor do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase), Fábio Leite, informou que entre os temas trabalhados em sala de aula nos polos do programa, o tema inclusão na educação foi bastante abordado, tanto por professores do Pré-Universitário, como no material didático entregue aos alunos. "Nós abordamos a questão do surdo em sala de aula em um caderno didático. Ficamos felizes com o tema porque trabalhamos durante as aulas do Pré-universitário. Apesar de ser específico, os nossos professores trabalharam possíveis em duas folhas, temas e a questão dos surdos em sala de aula estava neste material, entregue aos 5.500 alunos do Pré", disse.

 

Acolhimento

 

Conforme explicou o diretor do Dase, Fábio Leite, o Governo de Sergipe realizará o último aulão nesta quinta-feira, às 13h, no Ginásio Constâncio Vieira, em Aracaju e também ofertará o acolhimento aos candidatos nos minutos que antecedem a prova.

 

De acordo com ele, o Governo de Sergipe, por meio das ações da Seed, presta aos alunos da rede pública estadual todo o suporte para a obtenção de resultados exitosos no Enem. "Ao longo do ano o Dase realizou diversas atividades para oferecer uma preparação adequada aos estudantes do Pré-universitário (Preuni), como por exemplo: revisões, aulões semanais, simulados, oficinas de redação, acolhimento individual e o treinando com pesos - momento que foram ministradas aulas simultâneas em locais diferentes e os candidatos escolhem em qual área desejam ampliar os conhecimentos, tendo como base o peso do curso que desejam a aprovação. Para 2018, terá ainda mais novidades para repetimos o sucesso", anunciou, ao destacar que os indicadores comprovam esta realidade.

Comentários

comments powered by Disqus