13/11/2017 às 13h39 - Educação

Mais de 1,5 milhão de estudantes farão o Encceja no domingo,19

Com as mudanças e o aperfeiçoamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano, o papel de certificação do ensino médio voltou a ser realizado pelo Encceja, em parceria com estados e municípios.

Por: Ministério da Educação

Mais de 1,5 milhão de estudantes que vão prestar o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2017, marcado para 19 de novembro, estão na reta final. Direcionado aos alunos que não concluíram os estudos na idade adequada, a prova deste ano será feita por 301.583 candidatos do ensino fundamental e 1.272.279 do ensino médio. O exame abrange 564 municípios distribuídos em todos os estados.

 

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia vinculada ao Ministério da Educação, liberou, na semana passada, o acesso ao cartão de confirmação da inscrição. O documento informa o número de inscrição; a data, hora e local das provas; a opção de língua estrangeira escolhida e os atendimentos específicos e/ou especializados, caso tenham sido solicitados. Para isso, basta o estudante fornecer o CPF e a senha cadastrada.

 

São dois turnos. No matutino, os portões serão abertos às 8h e fechados às 8h45. Os exames – ciências naturais, história e geografia, para ensino fundamental; e ciências da natureza e suas tecnologias; e ciências humanas e suas tecnologias, para ensino médio – terão início às 9h e serão encerrados às 13h.

 

Já no turno vespertino, os portões abrirão às 14h e fecharão às 15h15. As provas começam às 15h30 e vão até as 20h30. Para candidatos do ensino fundamental, os exames desse turno são de língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes, educação física, matemática e redação. Já os candidatos do ensino médio farão provas de linguagens e códigos e suas tecnologias; redação; e matemática e suas tecnologias. Os estudantes devem ficar atentos, já que o horário a ser seguido é o oficial de Brasília.

 

Pontuação

 

Tanto para ensino fundamental quanto para ensino médio, as provas objetivas terão, cada uma, 30 questões de múltipla escolha. A avaliação obedece a requisitos básicos estabelecidos pela legislação em vigor, para ensino fundamental e ensino médio, sendo estruturada a partir de uma matriz de competências e habilidades.

 

Para obter o certificado ou a declaração de proficiência, o participante deve fazer, no mínimo, 100 dos 200 pontos possíveis em cada uma das áreas de conhecimento. No caso de língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes e educação física, para candidatos do ensino fundamental; e linguagens e códigos e suas tecnologias, para ensino médio, é preciso obter, também, a proficiência em redação. Para isso, é necessário alcançar nota igual ou superior a cinco pontos, em uma escala que varia de zero a dez.

 

Novidades

 

Com as mudanças e o aperfeiçoamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano, o papel de certificação do ensino médio voltou a ser realizado pelo Encceja, em parceria com estados e municípios. As mudanças foram apresentadas em março e são resultado do amplo debate promovido pelo MEC e de consulta pública realizada pelo Inep entre 18 de janeiro e 17 de fevereiro deste ano.

 

O Encceja é realizado pelo Inep, mas compete às secretarias estaduais de educação e aos institutos federais de educação, ciência e tecnologia definir os procedimentos complementares para certificar os participantes ou emitir a declaração parcial de proficiência, com base nos resultados do exame.

 

As secretarias estaduais de educação listadas no edital do Encceja utilizarão os resultados individuais para a certificação no nível de conclusão do ensino fundamental e do ensino médio. Já os institutos federais o farão somente para certificar a conclusão do ensino médio.

 

Para consultar o local de prova, acesse a página do participante.

Comentários

comments powered by Disqus