13/10/2017 às 07h19 - Licitação em janeiro

Aracaju ganhará nova orla com 16,5 km

Área beneficiada será do final da Passarela do Caranguejo até o farol da Praia do Mosqueiro

Por: JornaldaCidade.Net

Foto: Arquivo JC

A Secretaria de Estado do Turismo e do Esporte (Setesp) deve lançar em janeiro do ano que vem o edital de licitação para a construção da nova orla de Aracaju. As áreas que margeiam as praias da Cinelândia, Aruana, Robalo, Refúgio, Náufragos e Mosqueiro serão beneficiadas com o projeto. Além da nova orla, um dos cartões postais da capital sergipana – a Orla Pôr do Sol – terá sua estrutura renovada e ganhará novos espaços por meio do investimento de R$ 1,4 milhão do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur). 

 

De acordo com o assessor de Comunicação da Setesp, Henrique Matos, serão investidos mais de R$ 20 milhões na Orla Sul de Aracaju, provenientes do Prodetur. “A nova orla terá 16,5km de extensão e vai do final da Passarela do Caranguejo - em frente ao terreno do antigo Hotel Parque dos Coqueiros, até o farol da Praia do Mosqueiro. O dinheiro está assegurado pelo BID e em janeiro deve ser lançado o processo licitatório”, confirmou.

 

Matos informa ainda que outra grande obra é a revitalização da Orla Pôr do Sol. “Apesar de ser de responsabilidade da Prefeitura de Aracaju, o governo está investindo recursos do turismo para melhorar este espaço de lazer”, acrescentou. 

 

Nova orla 

O projeto é dividido em quatro etapas, começando pela área em frente ao antigo Hotel Parque dos Coqueiros, seguindo até o final da Orla, conhecida como o “viral”.  A segunda etapa passa pelos bares da Aruana e segue pela terceira etapa, que é dividida em vários trechos, a partir dos bares e restaurantes em frente à AABB, terminando logo depois do Cemitério dos Náufragos. A quarta e última etapa segue até o final da rodovia. 

 

O projeto prevê a construção de ciclovias, bicicletários, acessos de pedestres e cadeirantes à areia, iluminação de LED e painéis solares, quadras poliesportivas, pontos de esportes radicais, lounge, passarela, redário, academia de praia, estacionamentos para ônibus, sinalização indicativa e turística, postos de informações turísticas e calçamento que impeçam o uso de veículos motores na areia, protegendo os usuários e evitando danos ao ecossistema local.

 

Pôr do Sol

A Orla Pôr do Sol tem projeto de manutenção que prevê a construção de núcleos de banheiros e chuveiros públicos para acesso, por exemplo, de quem desembarca de passeios pelo rio. Desenhos artísticos no piso e em paredes da orla serão revitalizados e haverá renovação do piso de madeira do deck. A previsão é que sejam retomadas as atividades do Centro Cultural da área. 

Comentários

comments powered by Disqus