21/11/2017 às 11h19 - Concursos

SEJUC/SE LANÇA EDITAL PARA CURSO DE INTERVENÇÃO PRISIONAL

As inscrições para o TAF classificatório estarão disponíveis até hoje, 21, no site da Egesp, www.sejuc.se.gov.br/egesp/

Por: JornaldaCidade.Net

Será realizado pela Secretaria da Justiça e de Defesa ao Consumidor (Sejuc), através da Escola de Gestão Penitenciária (Egesp), o I Curso Básico de Intervenção Prisional. O curso contará com 30 vagas e carga horária de 60 horas/aula, será ministrado pelo Grupo de Operações Penitenciárias (GOPE), na sede da Egesp, no bairro América.

Em edital lançado neste mês de novembro pela Sejuc, serão disponibilizadas 30 vagas para servidores de carreira da área da Segurança Pública, distribuídos entre as instituições da Polícia Militar, Polícia Civil e Sistema Prisional.

No curso serão apresentados conteúdos sobre armamento e tiro, equipamentos não-letais, uso de tonfas e escudos, técnicas de imobilização, gerenciamento de crises no ambiente prisional e primeiros socorros. Serão realizadas também palestras sobre Direitos Humanos e a Lei de Execução Penal.

Para participar do curso, é necessário que o candidato atenda a alguns requisitos, entre eles: não ter sido condenado em processo-crime, por sentença transitada em julgado e não ter sido punido disciplinarmente (declaração corregedoria), e ser aprovado no Teste de Aptidão Física (TAF), que acontecerá no dia 24 deste mês de novembro, e que terá caráter classificatório. Além disso, deverá ser apresentado um atestado médico para a prática de atividade física, que deverá ser apresentado antes do TAF.

Será necessário que o candidato assine um “termo de compromisso e voluntariedade”, se prontificando a atender, quando chamado às necessidades de operações de intervenção prisional.

A

Segundo o diretor da Egesp, Delmário Magalhães, o curso é muito esperado. “Haverá a integração entre os grupos operacionais, a exemplo da Companhia de Choque (PMSE), Grupo Especial de Repreensão e Busca (PCSE) e Grupo de Operações Penitenciárias Especiais (Sejuc), além de representantes dos grupos operacionais da Bahia e de Alagoas, onde trocaremos experiências e traçaremos um modelo de doutrina a ser praticado nas unidades prisionais, garantindo assim, a ordem e preservando a integridade física dos internos” afirma Delmário.

Para os servidores do sistema prisional será realizado o TAF como eliminatória e para as demais instituições, o convite será enviado para seus respectivos comandantes.

Comentários

comments powered by Disqus