12/04/2017 às 17h11 - Periscópio

João pediu

O senador Eduardo Amorim (PSC) emitiu nota sobre a citação do seu nome na lista do ministro Fachin, do STF, que autorizou a abertura de inquérito contra ele, no âmbito da Operação Lava Jato.

O senador Eduardo Amorim (PSC) emitiu nota sobre a citação do seu nome na lista do ministro Fachin, do STF, que autorizou a abertura de inquérito contra ele, no âmbito da Operação Lava Jato. De acordo com a delação feita por um executivo da Odebrecht, o então prefeito João Alves Filho teria solicitado R$ 600 mil para a campanha de Amorim e de Maria do Carmo ao Senado em 2014.

 

Não autorizou 1


“Gostaria de esclarecer que não autorizei ninguém a pedir valores para a campanha em meu nome, nunca tive qualquer contato e não conheço os empresários Fernando Luiz Ayres da Cunha Reis e Alexandre José Lopes Barradas – delatores da Lava Jato. Nunca e em tempo algum pedi nada à Odebrecht e, repito, não autorizei ninguém a solicitar dinheiro e muito menos tive conhecimento disso”, disse Amorim, na nota.

 

Não autorizou 2


Segue a resposta do senador: “A minha campanha não utilizou recursos de caixa dois. E isso fica comprovado, inclusive, na denúncia divulgada, onde meu nome não aparece como requerente, nem recebedor destes recursos. Quem solicitou valores aos empresários para uso em caixa dois, que explique e responda pelos seus atos. Todas as doações da minha campanha foram oficiais, declaradas e encontram-se à disposição no site do TSE. No mais, estou à disposição da Justiça para possíveis esclarecimentos”.

 

Duplicação 


Durante a reunião de ontem, o governador Jackson Barreto foi informado pelo ministro dos Transportes, Maurício Quintela, sobre a duplicação da BR-101. O trecho entre os municípios de Capela e Propriá avançará de 13 a 20 quilômetros até julho, quando se inicia o período de chuvas no Estado.

 

Ponte 


“Vamos iniciar a ponte entre Alagoas e Sergipe. Nesse ponto iniciamos o lote 1, de Propriá a Capela. Esse lote será entregue até julho, entre 13 e 20 quilômetros. O lote 2 ainda será licitado no segundo semestre. O lote 5, entre Cristinápolis e a divisa da Bahia, será licitado em junho”, explicou o ministro.

 

Posse


O prefeito Edvaldo Nogueira convida a imprensa para o anúncio do presidente substituto da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb). O ato ocorrerá hoje às 8 horas, no Centro Administrativo Aloísio Campos, em Aracaju. A mudança no comando da Presidência da Emsurb atende determinação judicial. 

 

Sergipe agradece


O governador Jackson Barreto se pronunciou sobre a reunião que teve com o líder do Governo no Congresso Nacional, o deputado federal André Moura, para tratar de interesses sergipanos. “Sempre que necessário irei procurar o deputado André Moura para ajudar nas nossas lutas por Sergipe. Quando trabalhamos em união, quem ganha é nosso povo”, disse Jackson.  A oposição observa com desconfiança essa aproximação entre JB e André Moura.

 

Protesto


As centrais sindicais brasileiras iniciaram mobilizações em Sergipe para a realização de um Dia Nacional de Protestos, no 28 de abril, contra as reformas da Previdência e Trabalhista, do governo do presidente Michel Temer. Vão tentar paralisar os sistemas de transportes, escolas e empresas onde já há movimentações.

 

Nossa seca


A seca que atinge Sergipe há cinco anos tem provocado mortes nos rebanhos bovino, ovino, caprino e equino nos municípios do sertão. Mas têm sido poucos casos. O motivo das mortes tem sido a fome. 

 

Esvaziamento


A terceirização pode representar o esvaziamento da Justiça Trabalhista e o fim de uma importante fonte de renda para os advogados que atuam na área. Por causa disso, os advogados andam cobrando posicionamento público da seccional de Sergipe da OAB. O presidente da entidade, Henri Clay Andrade, já firmou posição pública contra a terceirização. Os advogados dizem que “os trabalhadores terceirizados terão salários menores”.

 

Correios


É grande a insatisfação dos sergipanos com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. O principal motivo é a entrega frequente de correspondências em atraso, inclusive boletos de cobranças e a entrega de multas de trânsito.

 

Milho 1


O deputado estadual Robson Viana parabenizou deputado federal Jony Marcos (PRB), por sua vitória na luta pela publicação da portaria interministerial que trata da venda de grãos de milho subsidiados, pelo Governo Federal, através da Conab. “A dedicação do deputado Jony foi fundamental para a publicação da portaria. Esse subsídio irá atender a todos os produtores leiteiros do Brasil. Serão 250 mil toneladas de grãos, com o valor de R$ 33 a saca de 60kg”, falou Robson.

 

Milho 2


Segundo Robson, serão 200 mil toneladas para as regiões Nordeste e Norte, 50 mil toneladas para as regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul, segundo a portaria. O deputado expressou sua felicidade com essa vitória que dará condições ao sertanejo para poder alimentar o seu rebanho, minimizando o sofrimento desse povo castigado por tantas dificuldades. Robson ainda citou o empenho do governador Jackson Barreto, que teve participação estratégica em todo o processo.

 

Delegados


O vice-governador Belivaldo Chagas participou na tarde de ontem de uma reunião com os membros da Associação dos Delegados de Polícia Civil do Estado de Sergipe (Adepol), realizada na Secretaria de Estado de Planejamento. Chagas afirmou que o governo está aberto ao diálogo com todas as categorias profissionais, ressaltando que o momento atual é de dificuldade financeira – mas que o governo entende que as reivindicações dos servidores devem ser ouvidas para que, na medida do possível, sejam atendidas. 

Comentários

comments powered by Disqus