seta anterior

Anterior

Impedido

seta proxima

Próxima

Em Brasília 1

07/07/2017 às 09h24 - Periscópio

Transmitiu o comando

Por motivo de férias, o governador Jackson Barreto transmitiu na noite de ontem o comando do Governo do Estado ao vice-governador Belivaldo Chagas.

Por: JornaldaCidade.Net

O governador Jackson Barreto transmitiu o comando do Governo do Estado ao vice-governador Belivaldo Chagas, na noite de ontem, no Palácio de Despachos. Jackson Barreto vai se ausentar por 16 dias do país por motivo de férias. A transmissão de cargo foi acompanhada pelo prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, os secretários de Estado Benedito Figueiredo (Governo), José Sales Neto (Comunicação) e Zezinho Sobral (Inclusão). Também estavam presentes os secretários municipais Luciano Correia (Comunicação) e Carlos Cauê (Governo).

 

 

Reunidos 1

No final da tarde de ontem, o governador Jackson Barreto (PMDB) reuniu-se com o prefeito de Aracaju, em encontro que seguiu pelo início da noite. A pauta principal foi a busca de um entendimento entre a Deso e a prefeitura, no sentido de resolver os buracos nas ruas da cidade que foram gerados por obras da empresa. O foco foi a situação da Euclides Figueiredo, que está em petição de miséria.

 

 

Reunidos 2

Nos últimos dias, o prefeito Edvaldo apontou a Deso como culpada pela situação na Euclides Figueiredo e em outras ruas da cidade. Edvaldo chegou a fazer um apelo à Deso, durante entrevista à TV Sergipe. Já o presidente da Deso reconheceu as falhas da companhia, mas destacou que em alguns trechos da Euclides Figueiredo seu trabalho já foi concluído – e parte do problema cabe à prefeitura.

 

 

Altas cotações

De volta os comentários cotando Laércio Oliveira para disputar o Governo de Sergipe em 2018. Mas os amigos mais próximos avaliam que ele seria mais

forte disputando o Senado ou a reeleição de deputado federal.

 

 

Cortesia

Aviso aos navegantes: a visita que o governador Jackson Barreto (PMDB) fará ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) será apenas um ato de cortesia. Não existe nada de possível adesão de JB ao PT, como tem gente comentando por aí.

 

 

Buraqueira

Está cada vez mais difícil o acesso ao Campus da Universidade Federal de Sergipe, no Bairro Rosa Elze (São Cristóvão). Da rótula da Avenida Marechal Rondon até a ponte da divisa Aracaju/São Cristóvão há muitos buracos.

 

 

Primeirão

As coisas para as bandas de Sergipe andam complicadas. Ocupamos posição de destaque nacional na violência e no desemprego. Não se desespere, mas ao contrário do que diz a poesia, dias piores, lamentavelmente, virão.

 

 

Arquivou 1

O senador Eduardo Amorim (PSDB) votou ontem favoravelmente ao arquivamento da denúncia contra o senador Aécio Neves (PSDB) no Conselho de Ética do Senado. O pedido de cassação de Aécio foi arquivado por 11 votos a quatro. Aécio foi atingido pelas delações da JBS e os partidos Rede e Psol pediram a sua cassação por quebra do decoro parlamentar.

 

 

Arquivou 2

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, chegou a pedir a prisão do tucano ao Supremo Tribunal Federal, mas o ministro Edson Fachin negou. Após o caso ser redistribuído no STF, o novo relator, Marco Aurélio Mello, devolveu o mandato de Aécio. A irmã do senador chegou a ser presa. A favor

Já o senador Antônio Carlos Valadares (PSB), que também integra o Conselho de Ética do Senado, votou pela continuidade da ação. Segundo a PGR, Aécio tinha um plano para barrar as investigações da Lava Jato, inclusive por meio da escolha de delegados da Polícia Federal que investigariam os parlamentares. Ele também teria pedido propina a Joesley Batista, da J&F.

 

 

Denúncia Temer 1

O jornal Folha de São Paulo procurou todos os 513 deputados federais para saber se pretendem aceitar ou não a abertura de ação penal contra o presidente Michel Temer. Em Sergipe, apenas o João Daniel (PT) disse que votaria a favor da aceitação da denúncia. André Moura (PSC) e Laércio Oliveira (SD) confirmaram que são contrários à aceitação da denúncia.

 

 

Denúncia Temer 2

Alguns parlamentares preferiram não se comprometer – talvez para evitar pressões das suas bases eleitorais e lideranças políticas. Fábio Mitidieri (PSD) disse ao jornal que ainda não sabe. Outros quatro deputados não responderam à enquete da Folha de São Paulo: Adelson Barreto (PR); 

Fabio Reis (PMDB); Jony Marcos (PRB); e Valadares Filho (PSB).

 

 

Vice-presidente 1

Márcio Macêdo foi eleito ontem vice-presidente nacional do Partido dos Trabalhadores. A escolha pelo nome dele se deu na primeira reunião do diretório nacional da sigla, um dia após a senadora Gleisi Hoffmann ser empossada presidente do partido. Caberá a Márcio auxiliar Hoffmann na coordenação política do PT e na preparação da legenda para o processo eleitoral de 2018.

 

 

Vice-presidente 2

“A presidenta Gleisi e o presidente Lula me convidaram para ajudar na coordenação política do partido e na preparação do PT no processo eleitoral de 2018, além da construção do diálogo para formação dos palanques para as próximas eleições. Iremos trabalhar juntos na reestruturação partidária do PT”, afirmou o novo vice-presidente. 

 

 

À disposição 1

Em entrevista concedida ontem ao radialista George Magalhães, da Fan FM, o governador Jackson Barreto disse que procuraria o senador Eduardo Amorim (PSDB), buscando ajuda para Sergipe. Jackson lembrou que em entrevista ao JORNAL DA CIDADE Amorim disse que estava à disposição do governador para tratar de assuntos que interessem a Sergipe.

 

 

À disposição 2

“Como o senador se colocou à disposição, na mesma hora conversei com o deputado federal Laércio Oliveira (SD) para que procurasse Amorim”, disse JB. Questionado se buscaria Valadares, Jackson insistiu: “Só procurei Amorim porque ele se colocou à disposição”, falou o governador, deixando nas entrelinhas que Valadares não deixou espaço para um diálogo com o governo que ele e seus aliados já integraram.

Comentários

comments powered by Disqus