seta anterior

Anterior

Lançamento

seta proxima

Próxima

Imagem ruim

10/10/2017 às 07h56 - Periscópio

BNB

Novo superintendente do Banco do Nordeste em Sergipe foi nomeado nesta segunda-feira (09)

Por: JornaldaCidade.Net

Foi nomeado ontem o novo superintendente do Banco do Nordeste em Sergipe: Antônio César de Santana, que ocupava o mesmo cargo no vizinho Estado de Alagoas. Ele foi indicação do deputado federal André Moura (PSC). Saumíneo Nascimento, que comandava a instituição em Sergipe, será agora gerente geral da agência central de Maceió.

 

Foto: Divulgação

No PPS

O ex-deputado federal Mendonça Prado (sem partido) conversou ontem com o presidente do PPS em Sergipe, Clóvis Silveira. Ele foi convidado para integrar a sigla e teria aceitado disputar o Governo do Estado. Ele diz que o partido terá candidato a senador e pretende construir alianças para ocupar as demais vagas de vice e para o Senado. Mendonça estava conversando com outros partidos, mas fechou com o PPS.

 

Chacoalhar 1

Mendonça Prado escreveu em seu blog que é preciso chacoalhar a política sergipana. “O governo enfrenta uma crise sem precedentes e por essa razão tem dificuldades de implementar projetos capazes de corresponder às expectativas da população. A oposição do passado, por sua vez, se escora em discursos superados de críticas vazias sem oferecer alternativas. Os seus ícones não conseguem empolgar a população porque são improdutivos”, relatou.

 

Chacoalhar 2

Além disso, Mendonça Prado acrescentou que precisa dar uma chacoalhada na política. “Para que possamos ter ocupantes de cargos eletivos que sejam fidedignamente representantes do povo. Lamentavelmente, na atual quadra da história, nem governo nem oposição agradam a sociedade”, publicou. 

 

Torturado 1

O ex-prefeito de Capela, Sukita (Podemos), disse que foi torturado quando esteve preso no Complexo Penitenciário Advogado Antônio Jacinto Filho (Compajaf). Durante entrevista no programa “Jornal da Fan”, feita ontem com o radialista George Magalhães, Sukita denunciou a forma como foi tratado no sistema prisional de Sergipe. 

 

Torturado 2

Sukita contou que dentre os 40 dias em que esteve preso por 37 ficou sem ver a luz do sol. “Eu pedia água e o cidadão derramava água na minha frente e me dava o vaso plástico gelado para eu lamber por fora. Isso eu pedindo água de 5h da manhã e quando iam me dar era 7h da noite. Quando a Justiça mandou me prender e não me torturar”, relatou.

 

Apoio

Ainda na entrevista, Sukita falou que recebeu apoio e convites de outros partidos, caso se sinta desconfortável com a mudança de comando do Podemos para Zezinho Sobral. “Recebei apoio integralmente de Rogério Carvalho (PT), José Carlos Machado (PSDB), Clóvis Silveira (PPS), Fábio Mitidieri (PSD) e Gustinho Ribeiro (PRB). Todos dizendo que não fico sem partido e não deixo de ser candidato. Até Luciano Bispo e Belivado Chagas me desejaram solidariedade”, revelou.

 

Foto: Divulgação

De licença

O presidente do Tribunal de Contas, Clóvis Barbosa, licenciou-se do cargo por duas semanas. Na quinta-feira passada, após as atividades físicas matinais, não se sentiu muito bem e foi ao médico, que o recomendou alguns dias de descanso, coisa que ele já vinha adiando. Aproveitou que viajaria mesmo na próxima semana para tirar os 15 dias de curtas férias. A vice-presidente Susana Azevedo está interinamente à frente do TCE.

 

Nosso nome 1

O prefeito Edvaldo Nogueira afirmou ontem em entrevista à imprensa, que a opção pelo nome de Belivaldo Chagas (PMDB) para ser o pré-candidato a governador do bloco governista foi unânime. “Na reunião do sábado, o nome de Belivaldo foi colocado e a opinião de que ele deve ser o nosso pré-candidato foi unânime. Ele irá agora construir o processo de unidade da nossa frente. E no próximo ano, em meados de março e abril, a gente fará uma nova reunião para definir os demais nomes da chapa majoritária”, disse.

 

Nosso nome 2

Edvaldo prosseguiu: “Belivaldo é o nosso nome, é um político que tem capacidade e competência. Foi vice-governador de Déda, é o vice de Jackson. Tem experiência, foi deputado estadual. É um nome que reúne as condições de enfrentar o debate que virá. Claro que ainda não é candidatura definida, porque ainda não chegou o tempo para isso, nem pode pela legislação, mas é o nosso nome para se colocar como pré-candidato”.

 

Cutucou 1

Em entrevista à Rádio Aperipê, o senador Eduardo Amorim (PSC) não perdeu a oportunidade de fustigar o governo: disse que o patrimônio público, como a Fundação Aperipê, poderia ter um pouco mais de zelo através Governo do Estado.

 

Cutucou 2

“É preciso valorizar ainda mais o que é nosso. Como exemplo, a expansão do sinal de comunicação, que é um desejo da superintendência atual. Me coloquei à disposição para colocarmos emendas parlamentares até o dia 20 deste mês, data prazo para encaminhamento. Além disso, me comprometi a acompanhar o diretor-presidente Givaldo Ricardo nos gabinetes da bancada sergipana em Brasília”, disse Eduardo, em entrevista.

 

Limites 1

O deputado estadual do PMDB Garibalde Mendonça informou que haverá hoje uma reunião na Sala de Comissões da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), para dar encaminhamento ao plano de ações sobre a divisão dos limites territoriais entre os Estados de Sergipe e da Bahia – estudos já foram anteriormente  aprovados pelas Assembleias Legislativas  de Sergipe (Alese) e a da Bahia (Alba).

 

Limites 2

De acordo com o parlamentar, o plano de ação sobre a linha divisória definitiva entre os Estados da Bahia e de Sergipe será semelhante ao apresentado pelo IBGE, pela Seplag e pela PGE. Ao todo, oito municípios sergipanos [Canindé de São Francisco, Poço Redondo, Monte Alegre, Carira, Simão Dias, Nossa Senhora da Glória, Pinhão e Poço Verde] e quatro baianos [Paripiranga, Coronel João Sá, Pedro Alexandre e Santa Brígida] irão se adequar às mudanças.

 
 

Comentários

comments powered by Disqus