seta proxima

Próxima

Encerra 1

06/11/2017 às 08h41 - Periscópio

Atirou

Segundo a polícia, Luciano teria porte de arma

Por: JornaldaCidade.Net

O ex-deputado estadual e ex-prefeito do município de Propriá, Luciano Nascimento, o Luciano de Menininha, reagiu a um assalto e feriu um suspeito após ter sua fazenda no município de Cedro de São João invadida, na última sexta-feira, por um homem. Segundo a polícia, Luciano teria porte de arma e atirou nas pernas do suposto invasor, que foi levado ao hospital. O ex-prefeito informou à polícia que o homem é ex-presidiário e teria trabalhado em sua fazenda.

 

Vai sair 1

Até o final deste ano, Sergipe deverá dispor de R$ 560 milhões, fruto do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa). A operação, que foi autorizada pela Assembleia Legislativa, servirá como aporte para a recuperação de rodovias estaduais. A Caixa Econômica Federal é a responsável pela concessão do recurso. O presidente da Caixa, Gilberto Occhi, concedeu entrevista ao radialista George Magalhães, na manhã desta sexta-feira, 3, e afirmou que os recursos serão disponibilizados de forma gradual, conforme o andamento das obras.

 

Vai sair 2

“Estamos tramitando esta operação aqui na Caixa, que já está bastante adiantada. O governador Jackson Barreto esteve aqui para acompanhar o trâmite e apresentar a lei autorizativa da Assembleia e os projetos que serão objeto de financiamento. Em algum momento, essas operações passarão pelo crivo do Tesouro Nacional. Espero ter a oportunidade de fazer uma visita em Sergipe e assinar todos esses contratos. Ainda não temos data específica para a liberação, mas estamos trabalhando para que até o final desse ano possamos estar assinando esses contratos. Esse é o nosso grande objetivo”, explicou Ochi.

 

Pesquisas

O deputado federal Valadares Filho (PSB) deve ser mesmo candidato à reeleição. Sondagens encomendadas por seu partido apontam que VF tem, na grande Aracaju, mais que o dobro das intenções de votos do segundo colocado. Adelson Barreto, Fábio Mitidieri e Pastor Jony completam a lista dos mais lembrados pelos eleitores.

 

Pagamento 1

O Governo do Estado dá prosseguimento ao pagamento de servidores estaduais nesta quarta-feira, dia 8. Nessa data, recebem os servidores da Emdagro, Cohidro, Emgetis, Emsetur, Codise, Cehop e Pronese. Na quinta, dia 9, recebem os servidores celetistas das Fundações de Saúde e servidores do Samu. 

 

Pagamento 2

No sábado, dia 11, será efetuado o pagamento das demais secretarias de Estado, DER, Adema, Jucese, Detran, ITPS, Fundação Aperipê, Fundação Renascer, Fapitec e os servidores da Educação que não receberam no dia 31. Aposentados e pensionistas recebem dia 14. O pagamento foi iniciado no dia 31, com os professores lotados em escolas e servidores do Sergipeprevidência, Ipesaúde e Segrase. 

 

Acorda JB!

É muito grave o problema da Segurança Pública em Sergipe e o Governo do Estado não tem conseguido dar uma resposta à sociedade. Trabalhadores morrem voltando dos seus empregos, ou de momentos de lazer com a família; pais perdem seus filhos em mortes violentas e pequenos comerciantes já não sabem a quem recorrer. O governo precisa acordar e apresentar um planejamento efetivo para uma redução urgente desse quadro de violência.

 

O pior governador

Além de estar sempre no topo de todas as estatísticas que estudam a violência no país, o Estado de Sergipe também é figurinha fácil em todos os índices que avaliam a Educação. Sergipe está sempre entre os piores estados do Brasil, com indicadores vergonhosos. Não há hoje um plano efetivo de melhoria no ensino, não há criatividade, não há valorização do professor. Em matéria de Educação o governo se resume a reformar escolas e construir quadras em algumas. 

 

Gestão

O ex-vice-prefeito de Aracaju, José Carlos Machado, expôs, em entrevista, o que muita gente percebe e não tem coragem de dizer. A crise econômica tem sido muito intensa em Sergipe por conta de problemas de gestão. O Governo do Estado precisa se voltar para a promoção de discussões sobre a crise da Previdência, que acumula um déficit de R$ 1 bilhão. É necessário buscar soluções para os problemas antes que assumam proporções mais graves.

 

Traição 1

O senador Eduardo Amorim está convencido de que não é possível traçar um projeto político de longo prazo envolvendo o senador Valadares. Relataram a Amorim um histórico de supostas traições políticas de Valadares, que remontam ao início da sua carreira e à sua ascensão. Na lista estariam Augusto Franco, João Alves, Jackson, Dilma... 


Traição 2

Amorim tem conversado sobre isso com alguns aliados e o grupo da oposição está de olho aberto. O senador tem recebido de políticos próximos a informação de que se a conjuntura não lhe for favorável, Valadares não hesitará em pular fora do grupo. Em uma das conversas Amorim estava ao lado de um deputado da oposição, e escutou de um membro do alto escalão do governo estadual uma lista das supostas traições de Valadares. E ainda teria comentado com o deputado: “Você está vendo?”.

 

Tocando o barco 1

O deputado estadual Augusto Bezerra retornou à Assembleia Legislativa de Sergipe e vem tocando seu mandato como se nada tivesse acontecido: apresenta projetos, discursa na tribuna, opina sobre as questões do estado e até apresenta um título de cidadania ao prefeito de São Paulo, João Dória. Augusto responde na Justiça por desvio das chamadas verbas de subvenção. 

 
Tocando o barco 2
O caso dele, juntamente com o do silencioso Paulinho da Varzinhas, é considerado pelo Ministério Público como um dos mais graves no escândalo que envolveu vários deputados. Aliás, Paulinho continua como sempre, na Assembleia: entra mudo, sai calado. Não se vê na imprensa qualquer registro da sua atividade enquanto parlamentar.
 
 
 
Não desistiu 
Ainda no mundo virtual, o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) lembrou que fez um ano que foi eleito para comandar Aracaju. “Mesmo sabendo de todas as dificuldades que enfrentaria ao chegar à Prefeitura, eu não desisti. Lixo, salários atrasados de 2016, greves, falta de merenda escolar, desestruturação das secretarias, obras paralisadas, tudo foi superado”, escreveu.
 
 
Fundamental
Para o ex-deputado federal José Carlos Machado, o governador Jackson Barreto (PMDB) deveria se preocupar menos com as tuitadas do senador Valadares e se preocupar mais com o desemprego, por exemplo. “Assim como com a retomada das mil obras paradas, a citricultura, etc”, acrescentou. Para Machado, falta priorizar aquilo que é fundamental. “Porque administrar no momento de bonança é fácil, mas na crise é complicado. É preciso separar o importante do fundamental”, argumentou.
 

Comentários

comments powered by Disqus