07/12/2017 às 09h10 - Periscópio

Elber Batalha faz queixas em relação a coleta de lixo

“A desorganização administrativa da prefeitura chegou ao limite. Há 15 dias foi a Torre que ameaçou a suspensão do recolhimento de lixo por falta de pagamento.

Por: JornaldaCidade.Net

Gasto com pessoal 1

Reportagem divulgada ontem pelo portal G1 informou: de acordo com a Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o Estado de Sergipe não parou de aumentar gasto com pessoal. A matéria registrou que as despesas com pessoal dos Estados, incluindo ativos e inativos, avançaram nos últimos anos, ao mesmo tempo em que recuaram seus gastos com investimentos.

 

Gasto com pessoal 2

De acordo com o Tesouro Nacional, houve um crescimento real (acima da inflação) de 22,85%, pela média, nos gastos com pessoal dos Estados nos últimos seis anos. Alguns Estados, segundo a instituição, como Mato Grosso, Minas Gerais e Rio de Janeiro, apresentaram “crescimentos reais significativos” nos últimos seis anos, enquanto outros, como São Paulo, Amapá e Sergipe, apresentaram um “crescimento mais moderado”.

 

Gasto  com pessoal 3

De acordo com o Tesouro Nacional, a diferença entre os Estados é “muito significativa”. “As variações vão desde um crescimento real de quase 7% (Mato Grosso) até uma queda real de 12% (Distrito Federal). Houve queda real nos gastos em quase todos os Estados, com exceção de Mato Grosso, Rio Grande do Norte e Sergipe”, informou o boletim. 
 

Fica 1

Logo após a decisão do Pleno do Tribunal de Justiça ter saído, o deputado estadual Adelson Barreto Filho (PR) compareceu normalmente às atividades da Assembleia Legislativa no dia de ontem. 

 

Fica 2

No momento da “aparição” na Casa Legislativa Estadual, a sessão na Sala de Comissões que estava próximo de ser iniciada sofreu um pequeno atraso em razão das felicitações que os parlamentares davam ao deputado Adelson Barreto Filho.

Lixo 1

Ontem, conforme esta coluna acompanhou, o líder da oposição na Câmara de Aracaju, Elber Batalha (PSB), fez duras queixas em relação à paralisação da coleta de lixo por parte da empresa Estre. “A desorganização administrativa da prefeitura chegou ao limite. Há 15 dias foi a Torre que ameaçou a suspensão do recolhimento de lixo por falta de pagamento. A Estre também para as atividades pelo mesmo motivo”, disse.

 
Lixo 2
Segundo Elber, Aracaju novamente estará entregue ao lixo às vésperas do Natal. “A gestão não tem interesse em fazer uma licitação séria e transparente do lixo em Aracaju e fica com arremedos de contratos emergenciais, centralizando suas forças para obstruir a CPI do Lixo, para que não tenhamos acesso à verdade desses contratos”, criticou.

Elogios na CMA 1
O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, anuncia hoje, às 9 horas, em coletiva de imprensa, a programação do Réveillon 2018. A festa voltará a acontecer na capital sergipana e ecoou positivamente pelo plenário da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), tanto pela oposição quanto pela situação.
 
Elogios na CMA 2
O vereador Américo de Deus (Rede) elogiou a postura da Prefeitura de Aracaju pelo esforço em buscar parcerias para que a festa possa ser realizada. O vereador Jason Neto, por sua vez, destacou que o prefeito Edvaldo Nogueira não fica sentado esperando as coisas acontecerem, mas toma atitudes e consegue firmar acordos muito importantes para a cidade.

Emsurb 1
A Emsurb divulgou nota estranhando a paralisação dos serviços de transporte e destinação final dos resíduos sólidos pela empresa Estre Ambiental. “A iniciativa causou surpresa à administração municipal, justamente porque o assunto estava sendo tratado com os seus representantes no decorrer de reuniões, inclusive com a Emsurb se preparando para apresentar cronograma de pagamento do passivo atual.
 
Emsurb 2
Após a repercussão da informação e, consequentemente, a posição da Prefeitura de Aracaju, através da Emsurb, em ajuizar ação na 18ª Vara Cível, representantes da Estre Ambiental mantiveram contato e anunciaram a suspensão da paralisação. A partir daí, entre as partes ficou acordado que em até dez dias haverá negociação do cronograma de pagamento.  

Para onde vamos?
Os dois problemas mais visíveis desta fase de pré-campanha eleitoral em Sergipe são: o governo está muito desgastado e a oposição muito desacreditada. E não aparece um salvador do Estado.

Nota pública
A empresa Torre emitiu ontem uma nota pública informando que foi surpreendida pela paralisação promovida pelo Sindilimp. O sindicato enviou um comunicado à empresa com supostos problemas e deu prazo de 24 horas para a Torre responder. Mas o Sindilimp não respeitou nem mesmo o seu prazo – nem a legislação, que obriga a comunicação 72 horas da paralisação e a manutenção de 30% dos trabalhadores. Com isso foram suspensos os serviços nos municípios de Aracaju e Nossa Senhora do Socorro. 
 
Oncologia 1
O auditor da Controladoria Geral da União, José Leonardo Ribeiro Nascimento, irá apresentar os resultados da auditoria conjunta na área de oncologia realizada pelo Fórum Permanente de Combate à Corrupção de Sergipe (Focco). A divulgação acontecerá nesta quinta-feira, 7, durante o Seminário Todos Contra a Corrupção, no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE), a partir das 8h30.
 
Oncologia 2
A auditoria, planejada pelo Focco, foi realizada nos hospitais Cirurgia e de Urgência de Sergipe (Huse) e contou com o trabalho de campo composto pelas equipes da CGU, Tribunal de Contas da União (TCU) e Tribunal de Contas do Estado (TCE), baseado na competência de cada órgão. Antes, houve um estudo prévio de mapeamento de risco feito pela CGU que serviu como diagnóstico inicial para atuação da auditoria.
 

Comentários

comments powered by Disqus