27/12/2017 às 08h59 - Periscópio

Repousa 1

Durante o fim de semana o governador Jackson Barreto (PMDB) sofreu um pequeno derrame no olho

Por: JornaldaCidade.Net

Foto: Divulgação

Durante o fim de semana o governador Jackson Barreto (PMDB) sofreu um pequeno derrame no olho. Não foi nada grave, mas a recomendação médica é de repouso e evitar estresse e contrariedade. Jackson disse a um assessor próximo que a causa poderia ter sido contrariedade – por conta da situação difícil do Estado. Ele não vai se licenciar do cargo, mas descansa por alguns dias.

 

Repousa 2

Uma crise de pressão alta, devido ao estresse, pode ter desencadeado o pequeno derrame. Além da falta de recursos para pagar em dia os servidores, a liberação do novo empréstimo, que será usado para reparar as rodovias estaduais, tem deixado o governador aperreado. 

 

Sem previsão 1
Hoje é dia 27 de dezembro de 2018. A semana e o ano possuem apenas mais três dias úteis e o Governo do Estado e Prefeitura de Aracaju ainda não deram informações sobre o pagamento dos servidores públicos. Parece que a turma vai virar o ano na pindaíba mesmo. 
 
 
 
Sem previsão 2
Não são só os servidores estaduais e municipais que não sabem quando irão receber. O problema é maior ainda para alguns prestadores de serviço e fornecedores, que já estão com diversas faturas vencidas e já teriam sido informados que não haverá mais quitação de dívidas este ano. Ficará tudo para o próximo ano – sabe-se lá para quando.
 
 

Foto: Divulgação

Britto presidente
Circula na imprensa nacional a informação de que o Partido Socialista Brasileiro (PSB) tem mantido conversas com grandes juristas do país, na tentativa de convencê-los a encarar uma disputa pela presidência. Além do diálogo constante com o ex-ministro do STF, Joaquim Barbosa, o sergipano Carlos Ayres Brito, também ex-ministro do STF, tem sido alvo de “paqueras”. 
 
 
 
Emprego 1
Em conversa com esta coluna, o economista do Dieese, Luis Moura, contou que o cenário para empregabilidade não está bom para 2018. A previsão, segundo Moura, é que estará cada vez mais difícil ter uma carteira assinada. “Nós achamos que as contratações irão aumentar, mas sem carteira assinada. Afinal, a reforma trabalhista flexibiliza muito as contratações”, contou.

 
 
Emprego 2
A medida é desanimadora, se for analisar a questão da carteira assinada. Contudo, virão por aí empregos informais e com salários mais baixos, conforme 2017 já vem sinalizando com a consequência da crise financeira.
 
 
 
Exoneração
De acordo com a deputada estadual Ana Lúcia (PT), as medidas adotadas pelo governador Jackson Barreto (PMDB), entre elas as exonerações dos cargos comissionados, podem ser um “freio de arrumação”. “Mas, no governo, a grande despesa está nos terceirizados”, disse a parlamentar ontem, em entrevista ao programa Jornal da Fan.
 
 
Cautela
Ainda na entrevista, Ana Lúcia disse que é preciso ter limites com os diálogos feitos com a bancada do presidente Michel Temer (PMDB). “André Moura (PSC) é um golpista, assim como o presidente”, e falou que as conversas com o governo, independentemente de partidos, são normais em momentos de crise, mas deixou claro que há limites.
 
 
Gestão democrática
A Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro vai assinar hoje, às 10 horas, o ato de homologação da Lei de Gestão Democrática, que institui a metodologia do voto para a escolha dos diretores e coordenadores das escolas municipais. A lei foi fruto de um trabalho realizado por um grupo formado por membros da Secretaria Municipal de Educação, diretores, do Sintese, Sindsocorro, Umesa, Uses e PGM, tendo sido aprovada por unanimidade pela Câmara de Vereadores de Socorro.
 
 
Chuvas 1
A previsão climatológica para 2018 aponta que este será um ano bom, com chuvas regulares (próximas das normais) e boa produtividade agrícola, inclusive no semiárido nordestino – inclua-se aí especialmente Sergipe, sem seca. A informação é do meteorologista Overland Amaral, do Centro de Meteorologia Sergipe.
 
 
 
Chuvas 2
Segundo ele, saímos do ciclo da fase quente de El Niño, fenômeno que interfere no clima da região Nordeste do Brasil, aquecendo e provocando secas. Entramos agora na fase fria de La Niña e isso favorecem ocorrências de chuvas por aqui. “Cada um desses ciclos dura uma média de cinco a seis anos. Saímos de quase seis anos de seca e teremos entre cinco e seis anos de períodos bons de chuvas, a contar a partir de 2017. Isso garantirá a boa produção no campo até 2022, podendo chegar a 2023”, explicou.
 
 
Assinatura 1
O governador Jackson Barreto participou da assinatura de contrato de empréstimo de R$ 50 milhões para a realização de obras em Aracaju. O acordo foi assinado pelo prefeito Edvaldo Nogueira, o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, e o líder do governo no Congresso Nacional, deputado federal André Moura, neste sábado, 23, no auditório do Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos. Na ocasião, Jackson lembrou que o Estado também já recebeu a aprovação da operação de crédito financiado pela Caixa no valor R$ 560 milhões para obras de infraestrutura e saneamento. 
 
 
Assinatura 2
“Não perco a esperança, estou torcendo imensamente. O Governo Federal assinou esta semana um contrato de R$ 1,5 bilhão com o Governo do Paraná. Por que assinou com o Paraná e não assinará com Sergipe? O Nordeste não pode receber um tratamento desigual, até porque a região nordestina é mais carente. A política de aguardar a reforma da Previdência não aconteceu para o Estado do Paraná. Espero que o presidente Temer repense, porque o Estado de Sergipe precisa desses recursos para recuperar nossas estradas”, expôs Jackson.

Comentários

comments powered by Disqus