30/05/2018 as 09:32

Belivaldo Chagas

“Sergipe tem a maior carga tributária sobre combustíveis do Brasil”

Milton Andrade, pré-candidato ao Governo de Sergipe, fez um apelo público ao governador Belivaldo Chagas no sentido de que reduza a alíquota do ICMS


Milton Andrade, pré-candidato ao Governo de Sergipe, fez um apelo público ao governador Belivaldo Chagas no sentido de que reduza a alíquota do ICMS para combustíveis e assim possa contribuir para o fim da paralisação de caminhoneiros que lutam contra a alta do diesel. Ele afirmou que “Sergipe tem a maior carga tributária sobre combustíveis do Brasil” e isso é um bom argumento para justificar uma possível redução no tributo sem que ocorra frustração de receitas. 


                                        

Sem gasolina 1
Não há mais gasolina no Estado de Sergipe. A base de abastecimento em Laranjeiras não possui mais gasolina. A partir de agora só há o que já está disponível nos postos. Assim que acabar, haverá falta generalizada. Donos de postos se organizam e tentam comprar gasolina na Bahia – mas ainda não há nada certo. Só existe etanol e diesel na cidade. E com estoques já baixo.

Sem gasolina 2
Empresários do setor se queixam que o governador Belivaldo Chagas (PSD), ao contrário do que aconteceu em outros Estados, não garantiu o abastecimento dos postos, liberando a Polícia Militar para escoltar os comboios. Em Salvador, 80% dos postos já possuem combustível.

Importância
Resguardadas as proporções, o ex-prefeito de Aracaju e ex-deputado federal José Carlos Teixeira (MDB) teve para Sergipe a mesma importância que Ulisses Guimarães teve para o Brasil. Fundou e comandou o MDB sergipano no período da ditadura. Ulisses fez o mesmo na esfera nacional.

ICMS 2
O pré-candidato explicou que o preço da gasolina, em fevereiro de 2015, era R$ 3,25, com um ICMS de R$ 0,87. Antes da greve, o litro da gasolina custava em média de R$ 4,30, com 29% do valor relativo ao ICMS, gerando uma arrecadação de R$ 1,25 por litro. “Se reduzir o imposto de 29% para 21% não há queda de arrecadação em relação a 2015”, aponta o pré-candidato, acrescentando ser preciso fazer, também, uma modificação da forma de tributação do imposto.

Pesquisa 1
O Instituto Única realizou pesquisa eleitoral em Sergipe no período de 18 a 26 deste mês de maio. Foram ouvidos 1.600 eleitores. O nível de confiança atinge 95,4% e a margem de erro de 2,5%. A pesquisa foi registrada sob número SE – 03046/2018 e mostrou, na estimulada, que Eduardo Amorim é o preferido do eleitorado para o Governo de Sergipe com 16,8%. Valadares Filho aparece como segundo colocado, com 15,3%, e é seguido por Belivaldo Chagas, com 8,5%. Nulos/Brancos somariam 35,5% e Indecisos/Não Responderam 15,7%.

Pesquisa 2
Na disputa pelo Senado, Antônio Carlos Valadares atinge 15,2%; André Moura 8,3%; Jackson Barreto 6,5%; Heleno Silva 5,8%; Rogério Carvalho 3,4%; Alessandro Vieira 1,3%; Henbri Clay 1,1% e Reynaldo Nunes 0,5%. Mas vale lembrar que 41,2% votariam Branco/Nulo e 19,4% ainda estão indecisos ou não responderam.


Com e sem Lula
Em um cenário estimulado com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a pesquisa Única mostra que o petista teria 56,9% dos votos dos sergipanos. E Jair Bolsonaro apenas 10%. Sem a participação de Lula, 43,7% do eleitorado votariam Branco/Nulo e outros 17,3% se declararam indecisos ou Não Responderam.

Vaia 1
Em resposta à nota publicada aqui na edição de ontem, a deputada Sílvia Fontes (PDT) explicou o episódio da vaia, ocorrido durante a assinatura da ordem de serviço para o recapeamento asfáltico no Conjunto João Alves, em Nossa Senhora do Socorro. “O grupo que promoveu as vaias durante o pronunciamento na solenidade trata-se de cargos comissionados ligados à atual administração municipal”, disse ela.

Vaia 2
“E foi motivado pela mesma para tumultuar o evento, desrespeitando o povo de Socorro, que não merece esse tipo de atitude de um prefeito, que politicamente deveria adotar uma postura condizente ao cargo exercido”, pontuou a deputada Sílvia Fontes.

Postura
O deputado estadual Capitão Samuel (PSC) comentou com esta coluna que o que vai diferenciar na eleição é “quem tem trabalho efetivo mostrado e postura em determinados assuntos”. “Eu acho que a gente só pode mudar a forma de fazer política valorizando quem faz política diferenciada. Que os novos que estão chegando sejam conhecidos pela postura diferenciada”, disse.

Novo gestor
Após a passagem e saída conturbada de Almeida Lima pela Secretaria de Estado da Saúde, o médico José Hamilton Maciel (MDB) foi o escolhido para assumir o comando da pasta. O convite foi feito pelo governador Belivaldo Chagas (PSD) e com posse prevista para ocorrer no dia 7 de junho.

Bom humor
Saiu essa semana uma pesquisa referente à eleição e que colocou nomes de alguns pré-candidatos no topo. Sobre o episódio, o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) usou o bom humor e comentou na rede social: “Eu rio muito com alguns políticos sergipanos. Quer dizer que se você se sai bem na pesquisa é porque é séria. Mas se vai mal, aí é fake? Sei”. O parlamentar ainda acrescentou aqueles emojis de risadas na publicação.

Saúde
Por falar em Mitidieri, ele parabenizou o governador pela escolha de José Hamilton Maciel na Saúde. “Nome preparado para o cargo e muito respeitado. Se a indicação é de A ou B não faz a menor diferença e em nada diminui a competência do Dr. Hamilton. Bem-vindo”.