20/06/2018 as 09:31

Pagamento

Belivaldo Chagas (PSD) anunciou que o Estado vai pagar metade do 13º salário

O gestor aproveitou ainda que na próxima semana será informado o dia exato em que realizará o pagamento.


Belivaldo Chagas (PSD) anunciou que o Estado vai pagar metade do 13º salário

Adiamento
O Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) retirou da pauta de ontem o julgamento do recurso da prefeita de Riachão do Dantas, Gerana Costa. Voltará à pauta para avaliação no dia 28 próximo. Ela foi cassada em primeira instância na Justiça Eleitoral por abuso de poder econômico na disputa de 2016.

O governador Belivaldo Chagas (PSD) anunciou que o Estado vai pagar metade do 13º salário aos servidores no próximo mês de julho. O gestor aproveitou ainda que na próxima semana será informado o dia exato em que realizará o pagamento. A informação foi passada ontem durante entrevista no programa de Gilmar Carvalho.

Gestão de segurança 1
O vereador Elber Batalha (PSB) afirmou que falta gestão de segurança em Aracaju. A afirmação do parlamentar foi baseada nos altos índices de violência na capital nos últimos dois anos, conforme matéria veiculada no Globo Repórter, na edição da última sexta-feira, 15.

Gestão de segurança 2
Aracaju, atualmente, é a capital com o maior número de homicídios, registrou o vereador. “Desde o início da gestão de Edvaldo Nogueira não tem uma secretaria que trate dessas questões. A única ação realizada foi a retirada da ocupação que estava bem aos olhos e incomodando a classe rica, porque existe uma invasão no Cabo do Avião, na Zona de Expansão, que logo se transformará na primeira favela de Aracaju e Edvaldo Nogueira parece que não enxerga isso”, alertou.


Sinalização
O deputado estadual Adelson Filho (PR) solicitou ao Governo do Estado a colocação de placas de sinalização e redutores de velocidade na Rodovia SE-170, no Povoado Lagoa, em São Domingos. “É de extrema necessidade a implantação de redutores de velocidade na rodovia. Embora algumas vias tenham sido recapeadas, faltam cuidados com a sinalização, de maneira em geral, em todo o Estado”, explicou.

Promoção imediata
A deputada estadual Goretti Reis (PSD) encaminhou ao governador Belivaldo Chagas (PSD) uma indicação para que determine ao Comando da Polícia Militar de Sergipe a promoção imediata da sargento Eliana Costa da Silva para subtenente. Ela cumpriu por 25 anos na corporação com primor a sua missão e, infelizmente, foi vítima de latrocínio no Conjunto Orlando Dantas, no dia 31 de maio.


Não chegam 2
Mitidieri ainda comentou: “Não adianta vir benefício de ambulância, festa, achando que as pessoas não saberão o que cada coisa custou. Isso custou salvar Temer, isso custou a reforma trabalhista. Os tão falados recursos que André diz que tem trazido. Tudo será mostrado por mim”, afirmou Fábio Mitidieri, em entrevista ao radialista Gilmar Carvalho.



Com Temer
Ainda na entrevista, o deputado do PSD aproveitou para pontuar a relação dos Valadares com o governo Temer até bem pouco tempo. “Não tenham vergonha de quem vocês defendem. Agora vem com conversa de vamos esquecer e olhar para frente. Na campanha de prefeito, Valadares Filho dizia que Edvaldo não teria recursos para Aracaju porque não era aliado de Temer. Sergipe é tão pequeno para colocar máscaras na frente das coisas”, disse Mitidieri.

Ipesaúde 1
Projeto de lei de iniciativa do Governo do Estado pretende ampliar as possibilidades para que novos servidores possam se cadastrar como beneficiários do Ipesaúde. A principal mudança está na inclusão dos descendentes até o máximo de 35 anos, desde que já não estejam inseridos na condição de dependentes do Ipesaúde.

Ipesaúde 2
Ou seja, os filhos do titular do plano que já são dependentes, ao atingirem a idade máxima permitida, que é de 18 anos, e se estiverem no ensino superior e até os 24, poderão solicitar a continuação, de acordo com o novo projeto de lei. Fica permitida também a inclusão dos demais descendentes como netos e bisnetos na mesma faixa etária de até 35 anos.

 

Oportunidade
A senadora Maria do Carmo Alves (DEM) vê na criação de camarões e ostras uma excelente oportunidade de trabalho e renda para a população do Baixo São Francisco, considerando que a população vem sofrendo, desde a última década, com as graves degradações do rio e necessita de uma nova motivação econômica para a região. Para Maria, esse projeto poderá viabilizar economicamente outras populações ribeirinhas do Estado de Sergipe, criando novas perspectivas, a partir desses produtos que possuem boa aceitação no mercado sergipano.