25/06/2018 as 09:20

Marcos Franco foi lembrado pela Assembleia Legislativa

A TV Alese comemora hoje 14 anos de existência e, com a data significativa para os sergipanos, o ex-deputado estadual e empresário Marcos Franco.


13º salário
O deputado estadual Georgeo Passos (Rede) questionou ontem a forma elaborada pelo Governo do Estado de antecipar o 13º salário dos servidores estaduais. Segundo o parlamentar, não há vantagem para o servidor, pois o Banese cobrará juros sobre a operação da antecipação.

Só impressão
Georgeo acrescentou ainda que o governador “criou a impressão” que libera o adiantamento. “E aí surge o questionamento: se o servidor vai ao Banese fazer operação de crédito, pois o governo não vai pagar a antecipação agora, o que se possibilitou foi algo que já existia. Tanto o Banese quanto outros bancos já fazem essa operação de antecipação de 13º. Governo não traz nenhuma novidade! Criou a impressão junto aos servidores”, questionou.

A TV Alese comemora hoje 14 anos de existência e, com a data significativa para os sergipanos, o ex-deputado estadual e empresário Marcos Franco foi lembrado em razão de ter integrado a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, como 1º secretário, à época em que a emissora foi criada, em 2004.

 

                                                                        

TV Alese 2
Ontem, por exemplo, Georgeo Passos parabenizou “a todos que fizeram aquela gestão, pois foi possível transformar o sonho, do presidente ao 1º secretário Marcos Franco, em realidade. Mantendo o nível de qualidade e excelência dessa TV que a gente espera que continue crescendo e desenvolvendo, transmitindo tudo que acontece nesse parlamento bem como tudo que Sergipe tem a mostrar”, destacou.

Chapão
Ontem, durante entrevista no programa “Jornal da Fan”, o deputado estadual Luciano Bispo (MDB) defendeu o nome de Eliane Aquino (PT) para ser vice na chapa composta por Belivaldo Chagas (PSD), assim como a formação de “chapão” para as eleições deste ano. “Isso será melhor para todos. Mas tenho certeza que no momento certo tudo será resolvido e não vamos ter problemas”, afirmou.

Brasil perdendo 1
O Brasil tem a 15ª maior carga tributária, o pior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e ocupa o 30º lugar quanto ao retorno de impostos dentre os 30 países analisados em pesquisa do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) – e também referenciado com dados da Organização das Nações Unidas (ONU) e a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) –, divulgada na manhã da última quarta-feira, 20, em exclusividade, ao “Bom Dia Brasil”, da Rede Globo.

Brasil perdendo 2
Para a Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese), o resultado não veio como uma surpresa. Nos últimos anos, o país consecutivamente tem ocupado o último lugar neste ranking, o que a entidade credita à falta de liberdade econômica, explica o diretor da associação, Lúcio Flávio Rocha.

Brasil perdendo 3
“Os países que conseguiram melhorar neste ranking são os que conseguiram diminuir a carga tributária e, claro, os que também promoveram um retorno à população em serviços. O que temos é uma altíssima carga tributária, em excessivo ambiente regulatório e hostil do Estado sobre as empresas, mas os serviços públicos são péssimos”, avaliou.

 

Mão amiga 1
O governador Belivaldo Chagas esteve ontem nos municípios de Capela e Aquidabã para levar diversos investimentos. Em Aquidabã, assinou ordem de serviço para pavimentação
de ruas e assinou termos de convênio do Projeto Dom Távora com associações de
oito povoados. Ainda no município, Belivaldo realizou a entrega de cartões do Programa Mão Amiga Cana-de-Açúcar. O benefício também chegou aos trabalhadores rurais de Capela.
Mão amiga 2
Para o governador Belivaldo Chagas, o intuito é proporcionar dignidade ao trabalhador da região no momento difícil de entressafra. “Aqui em Capela são 1.050 cortadores que estão recebendo cartões e senhas do Programa Mão Amiga Cana-de-Açúcar, por meio dos quais poderão sacar a primeira parcela, no valor de R$ 190 já no dia 30 de junho. Esse é um programa de distribuição de renda. Desta forma, o Governo do Estado enxerga o ser humano como tem que ser. Ao todo, o programa beneficia cerca de 10 mil trabalhadores da cana e da laranja”, disse.

Duplicação 1
Durante dois dias (segunda, 19, e terça-feira, 20), técnicos da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese), do Ministério dos Transportes, da Adema, Ibama e do Consórcio formado pelas empresas Sanpac Tecnologia Ambiental, P4 Concessões e Consultoria e a Kappex Assessoria e Participações discutiram as análises iniciais da obra de concessão e duplicação da BR-235 no trecho entre Aracaju e Itabaiana (Povoado Terra Dura).

Duplicação 2
“Ficou estabelecida que a licença prévia poderia ser dada para toda a obra e as licenças de instalação serão dadas por trechos individuais. Será elaborado também um termo de referência para análises. Quanto aos prazos, estes serão discutidos nos próximos encontros, pois teremos até o dia 13 de agosto para entregar o procedimento de manifestação de interesse (PMI)”, declarou a diretora da Câmara Técnica de Saneamento da Agrese, Ana Carolina Nadalini.

Buracos 1
Após o prefeito Edvaldo Nogueira solicitar a intensificação do trabalho de manutenção de vias danificadas, a Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) aumentou o contingente de profissionais e o número de equipes de tapa-buraco em Aracaju. A ampliação é necessária por conta do crescimento de trechos de asfalto danificados em decorrência das fortes chuvas que caíram na cidade.

Buracos 2
Nesta quinta-feira, 21, sete equipes atuaram na recuperação dos trechos mais críticos de ruas e avenidas da Aracaju. A medida é importante para reduzir os estragos provocados pela incidência pluviométrica, garantir segurança e fluidez no trânsito.