18/07/2018 as 07:21

Periscópio

Sukita é condenado pela Justiça

O ex-prefeito de Capela foi condenado a 13 anos e nove meses de prisão.


Sukita é condenado pela JustiçaFoto: Divulgação

Mal pagador


Os comentários dão conta de que o Governo do Estado, por conta de atrasos nos pagamentos, terá que devolver prédio onde funciona a sede da Secretaria da Saúde. O ex-secretário Almeida Lima disse que enquanto esteve na pasta as mensalidades estavam em dia.

 

Condenado 1

 

O ex-prefeito de Capela, Manoel Messias Sukita, foi condenado ontem pelo Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TER/SE) a 13 anos e nove meses de prisão por corrupção eleitoral, desvio de verbas públicas e autorização de despesas não previstas em lei. Por seis votos a um, o TRE/SE manteve a sentença que havia sido proferida em abril de 2017. A condenação é resultado de ação do Ministério Público Eleitoral ajuizada em julho de 2015. Com a sentença, Manoel Sukita fica inelegível e não pode concorrer às eleições de 2018.

 

Condenado 2


Pelos crimes, também foram condenadas três pessoas que integravam a equipe de Sukita: Ana Carla Santana Santos (ex-secretária municipal de Assistência Social), Maria Aparecida Nunes (ex-secretária de Assistência Social substituta) e Arnaldo Santos Neto (ex-diretor Financeiro do Fundo de Assistência Social). Sukita foi acusado de distribuir dinheiro em troca de votos durante a campanha eleitoral de 2012 para favorecer a então candidata Josefa Paixão de Santana e seu vice, Carlos Milton Mendonça Tourinho.

 

R$ 30 milhões


O valor não estará declarado em nenhuma prestação de contas eleitoral. Mas nos bastidores, alguns adversários garantem que isso é quanto deve custar a campanha de uma importante liderança em Sergipe, este ano – se cumprir tudo o que for acordado.

 

Pesquisa


Circulam hoje mais duas pesquisas eleitorais que mostram a preferência do eleitorado para o Governo do Estado, Senado, deputado federal e deputado estadual. Uma delas foi realizada pelo instituto Dataplan, que ouviu 1.202 entrevistados em diversos municípios sergipanos e tinha registro para ser divulgada desde ontem. A outra, do Instituto França, ouviu dois mil entrevistados em Aracaju

 

Serviço

 

“O povo precisa de serviço, não de cimento”. A frase é do pré-candidato ao Senado Henri Clay Andrade (PPL), em entrevista concedida ontem à rádio Jovem Pan. Henri Clay tem feito críticas reiteradas ao ineficiente serviço de saúde pública e avalia que o setor deveria ser prioridade na pauta dos representantes do povo sergipano.

 

Aliança fechada


O PRTB fechou apoio à pré-candidatura de Milton Andrade (PMN), que disputa pela primeira vez um cargo público. O PV, que tem Reynaldo Nunes como pré-candidato ao Senado, já está no bloco. Outras agremiações devem se juntar a Milton.


Convenção

 

Para esta coluna, Vera Lúcia contou que o PSTU irá realizar a convenção partidária na próxima sexta-feira, dia 20, em São Paulo, para ratificar e registrar oficialmente a candidatura para disputar o pleito para Presidência da República.

 

Pré-candidata 1


O vereador Professor Bittencourt, presidente do diretório estadual do PCdoB, contou para esta coluna que Manuela, pré-candidata à Presidência da República pelo partido, confirmou a presença em Aracaju, mas ainda não está definida a agenda – apenas o ato político no dia 23 de julho, às 19h, na Assembleia Legislativa.

 

Pré-candidata 2


Bittencourt destacou que Manuela vem rodando o Brasil abrindo o diálogo e levando uma proposta com participação popular. Segundo o presidente do PCdoB, o ato político será um evento importante do partido, para reforçar o papel que desempenha no país.

 

Japaratuba


A Prefeitura de Japaratuba emitiu uma nota para esclarecer um vídeo que circulou nas redes sociais no início da semana, em que aparecem caixas de medicamentos encontrados na área territorial do município. A Assessoria de Comunicação afirmou que os medicamentos não pertencem à administração municipal.


Encontro PV


Partido que fortalece as relações com sua base, o PV realiza encontro com todos os diretórios e filiados do Estado de Sergipe neste sábado, 21. O cenário social e político dos municípios, apresentação das novas lideranças e alinhamento das posições ideológicas que serão seguidas este ano estão na pauta da ação, que é mais uma parceria com a Fundação Hebert Daniel.

 

Visitas


Esmeraldo Leal (PT), pré-candidato a deputado estadual e ex-secretário de Estado da Agricultura, afirmou já ter visitado os 75 municípios sergipanos, participando de reuniões em comunidades rurais e lideranças nas cidades. “Também estou visitando assentamentos e acampamentos. A recepção é muito boa. Reconhecimento do trabalho de mais de 25 anos. Muito forte essa história ‘do novo’, do que está sempre presente”, comentou.

 

Não prosperou 1


Em entrevista coletiva, na manhã de ontem, a vereadora de Aracaju, Emília Corrêa (Patriota), lamentou que sua pré-candidatura ao Senado não tenha prosperado, no entendimento da direção do partido. “Eu não desisti. Na avaliação do partido todo o esforço foi feito, mas chegou o final de linha porque não se encontrou espaço em grupos partidários para coligação numa vaga para Senado”, disse ela.


Não prosperou 2


Acerca do convite, fruto das conversas com o Patriota, para disputar a eleição na vaga de vice-governadora de Sergipe, pelo grupo de Valadares Filho (PSB) e também pelo grupo de Eduardo Amorim (PSDB), Emília disse se sentir honrada e grata, mas recusou, por entender que não seria o momento para Executivo. A vereadora disse ainda que está à disposição do partido para colocar seu nome para pré-candidatura a deputada federal.