13/08/2018 as 08:15

Produção de milho

Georgeo Passos classifica como grave situação dos produtores

O parlamentar lembrou, ainda, que esse problema afetará toda uma cadeia de produção.


Ausência 1
O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) reiterou seu posicionamento político no grupo e minimizou sua ausência na convenção do PSD, ocorrida no dia 5. “Parece que não me conhecem ou fingem. Sempre fui político de grupo, nunca deixei de participar do que acredito”, disse.

Ausência 2
“Sobre a convenção, eu já havia comunicado a Belivaldo que não estaria presente, pois iria acompanhar minha esposa numa prova de triátlon, que já estava agendada há um ano. Eu não abriria mão de estar com ela. Além disso, minha presença na campanha não era imprescindível. Não sou o candidato”, acrescentou Edvaldo Nogueira.

Atos políticos
Inclusive, questionado sobre estar presente nas campanhas, Edvaldo afirmou que não irá se afastar das suas atividades administrativas. “É uma postura, um compromisso. Tanto que reuni o secretariado e avisei que toda movimentação em campanha eleitoral deve se dar fora do expediente. Não tem sentido estar na gestão e na hora do trabalho estar em campanha. Não farei isso e não vou permitir que ninguém o faça na prefeitura”, afirmou. “Mas no meu horário livre, farei campanha”, avisou.

Produção de milho 1

O deputado estadual Georgeo Passos (Rede) se manifestou sobre a situação dos produtores de milho sergipano, que estão enfrentando dificuldades causadas pela falta de chuvas neste ano. “É algo bastante grave. O ICMS do Estado deverá cair e 16 municípios, incluindo Ribeirópolis, já decretaram situação de emergência. Será um imenso o impacto na vida dessas famílias, que irão amargar prejuízos severos”, afirmou.

Produção de milho 2
Georgeo explicou que os produtores agora pedem a renegociação das suas dívidas com os bancos e também apelam para a liberação o quanto antes do Seguro-Safra, no sentido de amenizar as perdas. O parlamentar lembrou ainda que esse problema não se limitará aos produtores de milho. “Isso afetará toda uma cadeia de produção”, assegurou.

Descartou acusações 1
De acordo com o portal do jornal O Globo, “para Raquel Dodge não há indícios de que o líder do governo no Congresso Nacional, André Moura (PSC-SE), cometeu o crime de organização criminosa”. Em maio, Raquel Dodge já havia defendido o arquivamento dos trechos que citam o sergipano.

Descartou acusações 2
Na petição, a chefe da PGR havia ressaltado que a vinculação do parlamentar aos fatos investigados “sempre foi apresentada de forma, evasiva e ligada apenas por retórica aos contextos gerais da atuação da organização criminosa, sem fato concreto de ilícito para o qual teria concorrido”.

Estabilidade 1
“Vou assinar ainda nessa sexta, 10, a mensagem do projeto de lei que dará segurança e estabilidade a todos os servidores concursados da Fundação Hospitalar de Saúde de Sergipe [FHS]”, garantiu o governador do Estado, Belivaldo Chagas, ao conceder entrevista ao programa “Luandê Notícias 2ª Edição”, transmitido pela Rádio Luandê FM, de Tobias Barreto.

Estabilidade 2
Pré-candidato à reeleição, Belivaldo destacou ainda, em conversa com os ouvintes da Região Centro-Sul de Sergipe, que encaminhará o PL à Assembleia Legislativa já na próxima segunda-feira, dia 13, com a solução que assegura a efetivação dos mais de três mil servidores concursados da FHS.

Sem apoio 1
Nesta sexta, Jackson Barreto (MDB) esteve em Lagarto, acompanhando investimentos nas áreas de abastecimento e saneamento, ao lado do deputado federal Fábio Reis (MDB). Em entrevista à Rádio Aparecida FM, o governador voltou a falar da falta de apoio do Governo Federal para execução de projetos em Sergipe, a exemplo da ampliação do Aeroporto Santa Maria e da liberação do Finisa para recuperação de estradas.

Sem apoio 2
“Trabalhei para ajudar meu Estado e Amorim e André Moura trabalhando para prejudicar Sergipe. Cheguei a procurar André para ajudar a fazer a obra do Aeroporto, do Canal de Xingó. Ele me recebeu, fotografou, colocou nas redes sociais. Eu achando que daria alguma coisa. Tudo enganação. Só para fazer pose e comprometer minha imagem com eles. Do ponto de vista prático não consegui nada. Se não fosse o protagonismo de Fábio Reis para abrir algumas portas tudo seria ainda mais difícil. Sobrou foto e faltou dinheiro”, declarou.

Sem comemoração 1
Ao avaliar os dados divulgados na 12ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, levantamento realizado pelo Fórum Brasileiro da Segurança Pública, que apontam leve queda nos índices de mortes violentas registradas em Sergipe, o candidato ao governo pelo PSB, Valadares Filho, entende que, apesar da redução, não há motivo para comemorar.

Sem comemoração 2
“Os dados do anuário se referem ao ano de 2017, sabemos que este ano a violência tem aumentado significativamente. Os índices são alarmantes e mostram que há muito o que fazer para devolver ao povo sergipano a tranquilidade e segurança que sempre foram a nossa marca”, salientou o candidato. De acordo com os dados divulgados pelo anuário, Sergipe – que encabeçava a lista dos Estados com maiores índices de mortes violentas – passou para a 6ª pior posição no ranking nacional.

Turismo
Foi bastante prestigiada a posse do novo secretário de Turismo, Manelito Franco, e do presidente da Emsetur, Cacau Franco, ocorrida nesta sexta-feira, 10, em um hotel localizado na Orla de Atalaia. A solenidade foi conduzida pela secretária-chefe da Casa Civil, Conceição Vieira, e contou com a presença de vários segmentos da cadeia turística.