10/09/2018 as 07:37

Acessibilidade

Vereador sugere que mídia aborde sobre acessibilidade nos debates com candidatos

Lucas Aribé disse, ainda, que os candidatos devem pautar a temática em seus programas eleitorais.


Neópolis 1
Após o Tribunal Regional Eleitoral ter cassado o seu mandato, o prefeito de Neópolis, Luiz Melo de França (PR), emitiu uma nota lamentando a conclusão da corte pela ilegitimidade de sua eleição. O gestor cassado disse possuir “absoluta consciência e convicção que nada foi feito que justificasse a decisão tomada”.

Neópolis 2
Na nota, Luiz Melo de França registrou: “Venho aqui tranquilizar a população e afirmar que protegerei e honrarei os milhares de votos que recebi, lutarei em todas as instâncias do Poder Judiciário pela defesa do mandato que o povo da minha amada Neópolis legitimamente me conferiu”.

Projeto
O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) escreveu na rede social, em seu perfil pessoal no Twitter, ser autor do projeto que permite a dedução de despesas com medicamentos no Imposto de Renda.

Na rede social
Ainda no Twitter, Rogério Carvalho, o candidato ao Senado Federal, afirmou: “Eu quero ser a voz para acabar a mudez dos senadores sergipanos e defender os direitos e os interesses de Sergipe no Senado, da mesma maneira e com a mesma capacidade que os outros Estados e garantir conquistas para a nossa gente”.

Acessibilidade

O vereador Lucas Aribé (PSB) sugeriu, durante o seu discurso na Câmara de Vereadores, que a mídia em geral aborde a temática da acessibilidade nas entrevistas e debates junto aos candidatos a eleição deste ano. “Precisamos saber, principalmente dos candidatos ao Governo do Estado, o que pretendem fazer na área da acessibilidade e que mostrem em seus programas políticos”, afirmou Lucas. 

Justiça Social
O presidente licenciado da OAB/SE e candidato ao Senado, Henri Clay Andrade, apresenta-se na disputa eleitoral como o senador da justiça social. Com esse foco, ele deixa claro: sua primeira medida no Senado será propor a revogação da reforma trabalhista, que segundo ele tem efeitos perversos para trabalhadores e para os próprios empresários.

Baixa rejeição 1
Com menor rejeição em todas as pesquisas já divulgadas, o candidato a governador Milton Andrade (PMN) considera que essa informação, aliada ao alto número de eleitores indecisos, revela o desejo de mudança já sinalizado há algum tempo pela sociedade.

Baixa rejeição 2
“Infelizmente, por diversos fatores, especialmente a corrupção e o uso da máquina pública em favor de grupos que se perpetuam no poder, observamos uma clara repulsa do cidadão à classe política”, disse o candidato, que tem 30 anos e participa pela primeira vez da disputa político-eleitoral. Para ele, toda a sociedade sofre as consequências do descrédito gerado pelas mazelas que têm marcado a vida política.

Suicídios
Considerado um problema de saúde púbica, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 90% dos casos de pré-disposição ao suicídio podem ser revertidos com ações preventivas. Nessa perspectiva, a senadora Maria do Carmo Alves (DEM) tem destacado a necessidade do trabalho preventivo para evitar que mais pessoas entrem para as tristes estatísticas que somam uma média de 32 brasileiros mortos por dia.

Novo líder 1
O prefeito Edvaldo Nogueira se reuniu, na última quinta, com os vereadores Antônio Bittencourt, Vinícius Porto, Thiaguinho Batalha e Fábio Meirelles. Na reunião, o prefeito oficializou a mudança no comando da bancada. Vinícius Porto passa a liderar a base em substituição a Bittencourt, conforme foi definido em reunião com todos os vereadores governistas. Thiaguinho permanece na condição de vice-líder.

Novo líder 2
Na oportunidade, Edvaldo assinou o ofício no qual comunica a Câmara Municipal de Aracaju da troca. Bittencourt liderou a bancada desde fevereiro de 2017 e agora se desliga da função por causa de sua candidatura a deputado estadual.

Taxistas 1
Para reduzir os custos com a locação e consumo de combustíveis dos órgãos públicos, o deputado estadual Matos (Rede) apresentou na Assembleia Legislativa de Sergipe o projeto de lei 91/2018, que foi apelidado de PL dos Taxistas. “Ele também vai resolver a situação da categoria dos taxistas, que desde a chegada dos aplicativos de transporte de passageiros tem sofrido muito”, explicou o deputado Matos. Para divulgar o projeto, o deputado esteve esta semana no Tribunal de Justiça de Sergipe, para conversar com o desembargador presidente Cezário Siqueira Neto.

Taxistas 2
Cezário informou que já tinha conhecimento do projeto. “Essa é uma iniciativa boa, porque é uma forma de gerar emprego. Nesse momento difícil que estamos vivendo é importante que cada órgão também possa fazer sua economia, ter um orçamento mais enxuto e, sobretudo, como disse, movimentando financeiramente setores produtivos do nosso Estado”, ressalta Cezário Siqueira.

Bombeiros
A vereadora Emília Corrêa (Patriota) propôs uma reflexão sobre o estado dos prédios públicos em Sergipe. Ela afirmou ainda que a ONU preconiza que Sergipe precisa de aproximadamente 2.200 bombeiros, mas só conta com 500 na ativa, sendo que muitos estão afastados por doença ou realocados em outros setores. A vereadora reforçou a necessidade do Governo do Estado convocar uma quantidade maior de aprovados no último concurso.